Rastreamento e telemetria veicular: você conhece as diferenças?

O interesse pelas ferramentas de rastreamento e telemetria veicular aumenta a cada ano no Brasil. Muitas empresas enxergam esse tipo de solução como alternativa para enfrentar algumas das principais dificuldades da gestão de frotas no país, como a falta de segurança, o trânsito caótico das grandes cidades e as condições inadequadas das estradas.

Entretanto, é fundamental entender que há diferenças entre esses serviços. Nosso objetivo neste artigo é apresentar as peculiaridades das soluções de rastreamento e telemetria, explicando as tecnologias por trás delas, suas principais aplicações e os benefícios que oferecem a quem investe nessas ferramentas. Confira!

O que é rastreamento veicular?

O rastreamento veicular é o tipo de serviço mais básico para acompanhamento de veículos e serve, principalmente, para determinar a localização deles e garantir a segurança do veículo. A seguir, vamos conhecer melhor alguns aspectos desse serviço.

Como funciona a tecnologia de rastreamento

As soluções de rastreamento e telemetria veicular são implementadas com o uso de equipamentos chamados rastreadores veiculares. Eles são capazes de identificar as coordenadas geográficas (latitude e longitude) do automóvel. 

A comunicação dos aparelhos com a central de rastreamento pode ocorrer de duas maneiras. Confira abaixo.

GPS/GPRS

O Global Positioning System é o modelo mais utilizado e mantém comunicação com uma rede de 24 satélites que circulam pela órbita da Terra. Os satélites são posicionados estrategicamente para garantir que ao menos quatro deles possam ser captados pelos sensores em qualquer lugar do mundo.

Radiofrequência

Rastreadores com essa tecnologia se comunicam por meio de ondas de rádio, captando e enviando sinais para redes de antenas receptoras em um perímetro determinado previamente, inclusive em lugares cobertos.

Os dois modelos de rastreamento permitem visualizar dados de localização dos veículos em tempo real. Depois de captados, os sinais são enviados para as centrais de monitoramento, que repassam as informações para computadores e smartphones conectados à internet. Assim, os clientes podem acessá-las de qualquer lugar de forma ágil e prática.

Quando ela deve ser utilizada

O rastreamento é muito utilizado para proporcionar maior segurança ao veículo e ao motorista em caso de assaltos e sequestros. O mercado de segurança veicular costuma aplicar amplamente o rastreamento como ferramenta para recuperar os automóveis roubados.

Alguns rastreadores vêm equipados com funções adicionais, como a capacidade de bloquear o veículo e alertar a central sobre situações de risco. Certos modelos permitem até mesmo escutar tudo o que acontece dentro do carro. 

A escolha da tecnologia de rastreamento mais adequada depende do contexto em que ela será utilizada. Para veículos que circulam em áreas sem cobertura GPRS, a radiofrequência é mais recomendável, pois funciona em locais com as chamadas áreas de sombra e é pouco vulnerável a interferências.

Por outro lado, se o veículo faz viagens longas com frequência e trafega por rodovias interestaduais, o GPS é mais interessante e proporciona ótimos resultados mesmo em lugares afastados e centros urbanos, trata-se de uma tecnologia massificada.

Quais os benefícios do rastreamento veicular

Os procedimentos para instalação de rastreadores são relativamente simples e os preços são bem acessíveis, mesmo para carros antigos.

Outra vantagem é que, além de aumentar a segurança no transporte de cargas, os rastreadores fornecem aos gestores das empresas dados importantes para aperfeiçoar os serviços de logística. É possível monitorar o trajeto feito pelos motoristas e controlar o tempo gasto durante as paradas.

O que é telemetria veicular?

Embora muitas pessoas ainda confundam os dois serviços, é importante ter em mente que a telemetria é mais completa do que o rastreamento. Essa tecnologia certamente está entre as principais tendências para os carros do futuro e, como veremos a seguir, é muito versátil e abre um imenso campo de possibilidades.

Como funciona a telemetria

A telemetria utiliza o mesmo suporte que o rastreamento para transmitir informações (radiofrequência e GPS), mas proporciona um acompanhamento muito mais detalhado. Além de cumprir todas as funções de localização do veículo, ela permite monitorar em tempo real uma série de parâmetros específicos sobre suas condições e a maneira como ele é conduzido.

Sistemas de telemetria funcionam por meio de rastreadores e sensores instalados nos carros. Eles coletam dados de sensores distribuídos em vários pontos e os transmitem automaticamente para softwares especializados. O cruzamento de dados resulta na geração de relatórios extremamente detalhados. 

Quando ela é utilizada

Os fãs de automobilismo percebem a aplicação da telemetria frequentemente em competições como a Fórmula 1, na qual as equipes visualizam em tempo real o desempenho das partes mecânicas, eletrônicas e aerodinâmicas dos carros. 

Além de dar dicas aos pilotos para melhorar a condução e fazer ajustes no veículo ao longo dos treinos e corridas, os engenheiros são capazes de modificar certos parâmetros à distância, comparar resultados e identificar problemas variados. É possível, por exemplo, alertar o piloto sobre o risco de superaquecimento no motor, falhas no sistema de freios ou desgaste excessivo dos pneus.

Todas essas funcionalidades também estão disponíveis para aplicação nos veículos comuns e costumam ser utilizadas por empresas de transporte e frotistas. Com a telemetria, elas criam um histórico para cada veículo, tornando a manutenção preventiva mais eficiente e trazendo uma redução de custos significativa, além de mais segurança para funcionários e clientes.

Quais as vantagens da telemetria veicular

As informações obtidas por meio da telemetria dão aos gestores a chance de acompanhar com detalhes o desempenho de um motorista e identificar comportamentos que aumentem o risco de acidentes ou afetem a integridade do veículo. Assim, é possível agir preventivamente e mapear necessidades de treinamento.

Como mencionamos, as medições também possibilitam a identificação de falhas mecânicas. Quanto mais cedo o problema for corrigido, menor será o custo de manutenção. Evidentemente, isso tem impacto direto sobre os lucros do negócio.

Como escolher o rastreador veicular ideal?

Entender o funcionamento do rastreador

Existem muitos recursos que os rastreadores veiculares podem oferecer. Como nenhum rastreador provavelmente oferece todos os recursos tecnologicamente possíveis, pois o custo desse dispositivo seria proibitivo. 

Um comprador teria que escolher um com recursos e preços que atendam às suas necessidades. Abaixo estão alguns recursos comuns que são importantes para a maioria dos usuários.

Alertas de velocidade

Esse recurso envia alertas sempre que um motorista ultrapassa o limite de velocidade legal. As informações coletadas podem ser usadas para treinar e inculcar bons hábitos de condução no motorista.

Alerta de marcha lenta sem carga

Muito tempo de marcha lenta significa consumir combustível improdutivamente e incorrer em desgaste e desgaste desnecessários do motor se o motor for deixado em marcha lenta. Ao monitorar e tomar ações contra a marcha lenta, as empresas podem reduzir drasticamente os custos de combustível, reduzir a manutenção extra de veículos e melhorar a pegada ecológica.

Log do histórico de rotas

Esse é um recurso direto que mantém um histórico das rotas percorridas pela frota de veículos. Os gerentes de frota puderam ver a rota completa que o veículo seguiu durante um determinado período, bem como onde e por quanto tempo parou.

Zonas de vedação geográfica

Geralmente, existem dois tipos de zonas de cercas geográficas, locais nomeados e zonas geográficas. Locais nomeados são lugares conhecidos que os motoristas precisam visitar regularmente.

Locais nomeados podem ser edifícios, áreas ou locais de clientes. No caso de zonas geográficas, elas podem ser configuradas para abranger qualquer forma em um mapa e devem mostrar os limites de um território, cidade ou áreas demarcadas.

Existem dois modos nos quais o Geofencing pode ser usado. O primeiro modo é o Modo Obrigatório, pelo qual o veículo da frota deve estar dentro da zona escolhida pelos tempos especificados. O segundo modo é o Modo Proibido, em que o veículo da frota não deve entrar na zona durante os tempos especificados. Nos dois casos, um alerta seria enviado ao gerente de frota quando um motorista entra em um dos dois modos.

Rastreamento e notificações

O rastreamento de veículos e as notificações instantâneas podem ser configurados para serem visualizados e entregues no computador, tablet ou smartphone.

Visualizações de mapa alternativas

Um bom sistema geralmente permite que os usuários visualizem os mapas em diferentes modos, como mapa do nível da rua, visualização de satélite ou uma combinação de ambos.

Conhecer o suporte oferecido

Um rastreador de veículo é sua última linha de defesa quando se trata de proteger sua frota de veículos ou de negócios, portanto, compre um rastreador que seja apoiado por um suporte ao cliente eficiente. 

Tente procurar fabricantes que ofereçam pelo menos um contato direto por telefone, caso precise de ajuda com o rastreador. Verifique se o dispositivo vem com, pelo menos, um ano de garantia.

Estar ciente das funções disponíveis

O produto da Getrak é baseado na rede GSM e GPRS e no sistema de posicionamento por satélite GPS, que define várias funções de posicionamento, segurança, monitoramento de vigilância, rastreamento em sua totalidade e alarmes de emergência. 

Ele pode monitorar e rastrear a rota remota por SMS ou nossa internet e nosso aplicativo. Veja abaixo as suas funcionalidades:

  • posicionamento GPS;

  • rotas de reprodução;

  • detecção de ignição ACC (opcional);

  • monitor de voz (opcional);

  • alarme contra roubo;

  • alarme de vibração;

  • alarme de velocidade excessiva;

  • alarme SOS (opcional);

  • motor de corte (opcional);

  • proteção contra sobretensão do armazenamento da bateria de carro;

  • proteção de baixa tensão do armazenamento da bateria de carro;

  • GPS embutido, antena GSM;

  • proteção à deriva em estado estático.

Rastreamento de localização em tempo real sob demanda

A característica mais distinta de um rastreador de veículo é que ele permite que o usuário visualize a localização de um objeto em tempo real, que é o que os diferencia dos alarmes do veículo. Porém, existem alguns rastreadores no mercado que não oferecem uma atualização em tempo real ou não usam GPS.

Alguns desses rastreadores armazenam a localização do veículo na memória interna para serem recuperados e monitorados posteriormente. Escolha um rastreador de veículo capaz de transmitir a localização de um ativo em tempo real.

Cobertura

Para encontrar um software adequado basta saber se o rastreador veicular reúne longitude, posições de latitude e vários outros dados baseados em localização usando a rede de satélites do Departamento de Defesa que orbitam a Terra.

Com a ajuda de uma antena externa ou interna, o rastreamento de veículos adquire dados de satélite, determinando a localização exata do dispositivo de monitoramento, a velocidade com que ele está indo e muito mais.

Os dados do rastreador então usam a tecnologia celular para transmitir os dados armazenados no dispositivo para um servidor onde as informações exclusivas baseadas em localização podem ser acessadas por telefone celular ou computador.

Aplicativo de gerenciamento

Nosso software de rastreamento online baseado na Web fornece um painel de monitoramento fácil de usar, que ajuda a recuperar insights valiosos e informações cruciais direcionadas diretamente por meio de seus veículos. Solução de rastreamento GPS em tempo real mediante ao nosso pioneiro software de rastreamento.

Tempo e experiência de mercado da fornecedora

Quando você escolhe uma ferramenta de rastreamento de veículos, é essencial encontrar uma companhia confiável para auxiliá-lo com a manutenção e qualquer dúvida que surgir.

Essa organização deve ofertar a instalação e, de preferência, a garantia para o rastreador instalado. Outro fator primordial, é o tempo de experiência no mercado. Ao adquirir esse serviço, é importante buscar aquilo que essa organização já conseguiu com seu período, como tem se relacionado com seus clientes.

É sempre uma boa ideia fazer uma pesquisa completa antes de comprar um dispositivo eletrônico, para que você não se arrependa de sua decisão. A tranquilidade de ter um rastreador de veículos faz com que seja uma necessidade para uso pessoal e comercial.

Além disso, ajudará você a administrar seus negócios sem problemas e a dar satisfação quando se trata de conhecer o paradeiro de seus veículos e funcionários. Na maioria das vezes, os rastreadores de veículos funcionam sem problemas e não precisam de manutenção.

Certifique-se de comprar um rastreador que atenda às suas necessidades, venha com software e um aplicativo móvel, ofereça cobertura internacional e verifique se ele não exige uma assinatura mensal cara. É importante considerar todas as nossas dicas antes de partir para a tomada de decisão.

Vale ressaltar que a escolha entre sistemas de rastreamento ou telemetria veicular depende de uma série de fatores. É necessário avaliar o perfil do cliente, o tamanho da frota e seus objetivos específicos. Sistemas para rastreamento têm custos mais acessíveis, enquanto a telemetria traz um conjunto de informações mais completo com o objetivo principal de redução de custos. 

Gostou do artigo? Agora que você aprendeu as principais diferenças entre esses serviços, aproveite para entrar em contato conosco e tirar todas suas dúvidas!

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"