O que é chip M2M? Conheça melhor essa tecnologia

Sabemos que, dentro do cenário atual, muitas vezes, a comunicação pode ser prejudicada por diversos fatores. Entretanto, caso você utilize tecnologias avançadas e inovadoras, como a comunicação M2M — ou seja, máquina a máquina —, tudo pode ser melhor executado.

O mundo está mais conectado do que nunca, as fronteiras se dissiparam, e isso tudo deve-se ao avanço da internet e seu sistema. Hoje, por meio de aparelhos e dispositivos móveis ligados a rede mundial, a transmissão e armazenamento de informações e dados se expandiu. 

E é exatamente sobre esse processo, no qual dois dispositivos conectados trocam dados — ou seja, o M2M — que abordaremos neste artigo. Trataremos sobre seus benefícios, o funcionamento e a aplicação dessa tecnologia. Vamos começar? Acompanhe!

O que é a tecnologia M2M? 

A comunicação M2M, máquina para máquina, do inglês machine to machine, é uma nomenclatura bem ampla que pode definir e descrever várias tecnologias de rede que fazem a conexão entre dispositivos.

Essas ações ocorrem de máquina para máquina sem a necessidade de interferência ou assistência manual humana e, por isso, é tão usada em sistemas de rastreamento.

O M2M é, portanto, uma tecnologia que permite que sensores e dispositivos dentro da IoT — Internet das Coisas — se comuniquem entre si e com outros dispositivos e sistemas habilitados para internet. Na sequência, conheceremos sobre seus usos. Veja!

Quais são os usos da tecnologia M2M?

O uso do M2M é grande e variado. Se estende ao controle de estoques em armazéns, em que uma máquina de vendas pode fazer uma leitura detalhada do estoque e, com isso, informar os volumes dos produtos antes que eles acabem. Esse controle é fundamental para um distribuidor.

Além do estoque, mas em outro segmento, o uso mais comum do sistema M2M é na telemetria. Mesmo sendo uma tecnologia incorporada em modernos sistemas, ela é usada desde o século passado em transmissões de dados importantes e vitais. Inicialmente se restringia ao uso de linhas telefônicas e, mais tarde, começou a usar também ondas de rádio.

Com o desenvolvimento da internet e posteriormente de tecnologias mais avançadas de comunicação sem fio, essa tecnologia cresceu e o M2M se tornou fundamental em várias atividades.

Como funcionam os dispositivos M2M?

A ideia de conectar o mundo físico e o digital por meio de dispositivos que se comuniquem já é real. Embora mesmo a M2M sendo definida como comunicação “não humana”, os dispositivos ainda devem ter um protocolo intercambiável para receber e enviar dados.

Dessa forma, a conectividade acontece inserindo ou embutindo um cartão M2M no dispositivo, que logo após é configurado com o servidor doméstico, assim, todos os dados de uso são coletados e podem ser analisados​. 

O M2M funciona em conjunto com outras tecnologias, como sensores, RFID (identificação de radiofrequência), Wi-Fi, ligação por meio da comunicação de celulares e computação autônoma — software com inteligência capaz de ajudar o dispositivo, interpretar dados e tomar decisões.

Alguns sistemas integram tecnologias telefônicas. Esse é o caso do chip M2M, que se utiliza de diversos tipos de dados, como:

  • SMS e VPN IPSEC +;
  • autenticação da infraestrutura do cliente;
  • coberturas 3G e 2G;
  • CSD;
  • APN única/APN de roteamento/VPN IPSEC/APN privada.

Por conta dessa vasta gama de integração tecnológica e grande autonomia, o M2M é perfeito para diversas funções.

Quais as aplicações das comunicações M2M?

Com melhores sensores, redes sem fio e maior capacidade de computação, a implantação de um M2M faz sentido para muitos setores e, por isso, é fácil ver por que as comunicações máquina a máquina têm tantas aplicações. Veja algumas delas a seguir.

Serviços públicos

As comunicações M2M, por exemplo, podem ser utilizadas em produtos de energia, como petróleo e gás. No campo, sensores remotos podem detectar parâmetros importantes em um local de perfuração de petróleo e, por meio de sensores, enviar informações sem fio para um computador, com detalhes específicos sobre pressão, taxas de fluxo e temperaturas ou até mesmo o nível de combustível dos equipamentos que operam no local. 

O computador pode ajustar automaticamente o equipamento para maximizar a eficiência. Pode também impulsionar a inovação por meio de medidores inteligentes em residências que fornecem dados em tempo quase real aos consumidores sobre seu uso.

Controle de tráfego

Outro ambiente dinâmico que pode se beneficiar das comunicações M2M são os controladores. Em um sistema típico, os sensores monitoram variáveis, ​​como volume de tráfego e velocidade. 

Os sensores enviam essas informações para computadores usando um software especializado que coordena dispositivos de controle de tráfego, como luzes e sinais informativos variáveis. 

De posse dos dados recebidos, o software manipula os dispositivos de controle para maximizar o fluxo de tráfego. Os pesquisadores estão estudando formas de criar redes M2M que monitoram o status da infraestrutura, como pontes e rodovias.

Telemedicina

Outro uso é na medicina. Um exemplo são os pacientes cardíacos que usam monitores especiais que coletam informações sobre o funcionamento do coração. Os dados são enviados para dispositivos implantados que dão um choque para corrigir o ritmo errante.

Cadeia de suprimentos

Como as etiquetas RFID passivas custam apenas alguns centavos, não é surpresa descobrir que a tecnologia M2M apresenta grande importância no gerenciamento da cadeia de suprimentos.

Capacidade de rastrear, em tempo real, matérias-primas e peças, desde a fabricação até o produto final entregue ao cliente, tem um apelo óbvio em comparação com dados fragmentados entregues por intervenção humana irregular.

Varejo

A ponta afiada da cadeia de suprimentos — o varejo — é um terreno fértil para a tecnologia M2M, aplicável a áreas, como colocação e substituição de produtos nas lojas, quiosques e sinalização digital, gerenciamento de máquinas de venda automática, parquímetros e sistemas de pagamento sem fio.

Monitoramento ambiental

A tecnologia M2M tem grande potencial quando se trata de monitorar ambientes naturais ou artificiais. Sensores posicionados adequadamente podem fornecer aviso antecipado de poluição, incêndios florestais, deslizamentos de terra, avalanches e terremotos, por exemplo.

Em termos mais gerais, a qualidade do ar, da água e do solo pode ser monitorada remotamente em locais de interesse, e mudanças na abundância e distribuição de espécies-chave rastreadas — animais selvagens ou pragas — e alterações em seus habitats registrados.

Produção de alimentos

O setor de produção de alimentos é aquele que “abraça alegremente” todo avanço tecnológico que ajuda a produção e redução de custos, e a tecnologia M2M é uma ferramenta de eficácia comprovada nesse aspecto.

A produção de leite é uma indústria antiga, mas usa algumas das mais recentes tecnologias M2M, como a automatização completa do processo de ordenha, no qual as vacas são tratadas por robôs e o software lê os dados, que são enviados aos agricultores por meio de mensagens de texto em seus aparelhos. Isso inclui informações, como quais vacas foram ordenhadas, quanto cada animal está produzindo e quanto estão se movendo.

Eletrodomésticos

Esse mercado ainda está em um estágio inicial, mas os eletrodomésticos inteligentes equipados com conectividade M2M inovadora abrirão uma nova era na gestão doméstica e na manutenção da qualidade de vida.

A tecnologia M2M vai entrar em mais eletrodomésticos nos próximos anos por causa da rápida proliferação de smartphones e TVs inteligentes hoje em dia.

Já foi apresentado um protótipo de geladeira inteligente, demonstrando várias tecnologias inovadoras baseadas em M2M. Uma delas era um sistema de gerenciamento de alimentos que permite aos consumidores verificar itens armazenados dentro da geladeira, com informações como localização e datas de validade, a partir de seus smartphones ou de seu painel LCD embutido. 

O aparelho recomenda até mesmo pratos que podem ser feitos usando os ingredientes que ele está armazenando. Quando se trata de compras de supermercado, é possível até acessar a página e realizar o processo pelo próprio aparelho.

Rastreamento

Os negócios também podem usar a tecnologia M2M para rastrear estoques e segurança e contribuir para acabar, por exemplo, com roubo de equipamentos pesados.

O chip M2M, dentro do conceito IoT, permite que qualquer elemento seja rastreável/mensurável, da mesma forma que um animal com rastreador, um monitor cardíaco, entre outros itens.

No dia a dia, vários rastreamentos interligados por M2M a centrais de rastreamento acontecem sem que percebamos. Quando recebemos confirmação de cada uma das etapas de postagem de um produto que compramos pela internet, por exemplo, estamos sendo avisados pelo M2M.

A comunicação automatizada em uma central de rastreamento é feita por algoritmos que interpretam as informações e disparam mensagens para os clientes de acordo a programação.

Quais as vantagens do chip M2M para rastreamento de veículos

Por ser um sistema autônomo, há uma redução do risco da falha humana. A própria máquina faz as leituras do trajeto e mantém uma comunicação de dados que podem ser conferidos a qualquer tempo.

Com isso, uma empresa de locação de veículos, por exemplo, poderia fazer a monitoração de sua frota de maneira eficaz e segura. Portanto, além da praticidade e versatilidade de funções, o chip M2M tem um ótimo custo-benefício considerando todas as suas vantagens.

A comunicação M2M com certeza tem um futuro brilhante. É uma tecnologia flexível que usa equipamentos comuns de novas maneiras. Todos os dias, empresas, engenheiros, cientistas, médicos e muitos outros profissionais estão encontrando novas maneiras de aderir a essa nova tecnologia e aplicá-la em suas rotinas.

Que tal manter-se atualizado sobre esse e outros temas ligados ao avanço e à modernidade? Assine agora mesmo a nossa newsletter e comece a receber tudo diretamente em seu e-mail.

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"