Warning: time() expects exactly 0 parameters, 1 given in /home/getrak/public_html/wp-content/plugins/rock-convert/inc/frontend/class-frontend.php on line 167

Índice de roubos: apresentamos os principais dados acerca do tema!

Por que a violência e o índice de roubos e furtos de veículos preocupam cada vez mais as pessoas no Brasil? A resposta está nos números. Segundo o 2018 Global Law and Order, uma pesquisa de opinião do Instituto Gallup, o país é o 4º pior entre 142 no quesito segurança.

Alarmante, não é mesmo? Outro levantamento mostra que, apenas no Rio de Janeiro, o número de roubos bateu recorde histórico desde que o Instituto de Segurança Pública começou a contagem — isso em 1991.

Todos esses dados servem como base para entender por que nossa população procura, cada vez mais, dispositivos e ferramentas que proporcionem uma maior sensação de segurança, como sistemas de alarme e de rastreamento de veículos, entre outros. É um mercado que cresce a cada ano e, neste post, vamos entender mais sobre as razões para que isso aconteça. Acompanhe para conferir!

Quais os estados mais violentos do Brasil?

O Atlas da Violência, documento que reúne dados que têm como base o Sistema de Informações sobre Mortalidade, do Ministério da Saúde, apontou um total de 65,6 mil homicídios no Brasil em 2017. São nada menos do que 31,6 mortes a cada 100 mil habitantes, o resultado mais alto desde 2007.

Os estados mais violentos, de acordo com o relatório, estão nas regiões Norte e Nordeste, o que não significa que o Sudeste e o Sul podem se sentir mais tranquilos em relação ao tema. De toda forma, o Rio Grande do Norte lidera o ranking da violência, apresentando 62,8 homicídios a cada 100 mil habitantes. Depois, vêm o Acre, o Ceará, Sergipe e Pernambuco.

Que cidades lideram o índice de roubos e furtos de carros?

Como mencionamos, os homicídios são registrados em maior número nas regiões Norte e Nordeste. Mas é no Sudeste que são registrados os maiores índices de roubo e furto de veículos do país. O Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostra que a cada minuto há um veículo roubado ou furtado no Brasil.

O maior risco, como se pode imaginar, está nas grandes cidades, sobretudo as principais capitais dessa região. Brasília também aparece na lista, conforme veremos a seguir:

  • São Paulo: por abrigar a maior frota de veículos do país, era de se esperar que os índices de roubos e furtos fossem altos na maior capital de estado brasileira;
  • Rio de Janeiro: a cidade dos cariocas aparece em segundo lugar no relatório, apresentando sete furtos ou roubos por hora;
  • Brasília: os índices no Distrito Federal também são alarmantes, colocando a região em terceiro lugar no mapa dos roubos e furtos de automóveis;
  • Porto Alegre: a capital gaúcha vem registrando aumento da quantidade de ocorrências nos últimos anos, tendo como vítimas, principalmente, os motoristas de aplicativos.

Outros municípios, como Porto Velho, Belo Horizonte, Goiânia, Natal, Manaus, Teresina e Fortaleza também aparecem no ranking com índices alarmantes.

Quais as cidades menos violentas do país?

Você pode se perguntar, após ler o que expomos até aqui: mas há algum lugar melhor para se viver nesse país? O Atlas da Violência aponta, sim, quais são as cidades mais seguras e a maioria delas está no interior dos estados, caracterizando-se como cidades pequenas. Veja quais são as dez primeiras:

Guia completo: tudo o que você precisa saber sobre o mercado de monitoramento veicularPowered by Rock Convert
  • Jaú (SP);
  • Indaiatuba (SP);
  • Valinhos (SP);
  • Jaraguá do Sul (SC);
  • Brusque (SC);
  • Jundiaí (SP);
  • Passos (MG);
  • Limeira (SP);
  • Americana (SP);
  • Bragança Paulista (SP).

Quais as melhores medidas para se proteger de roubos e furtos de carros?

Diante de números de violência e índices de roubos e furtos tão alarmantes, que medidas você tem adotado para proteger melhor o seu patrimônio? Algumas atitudes podem ajudar a ter mais segurança, em especial nos lugares onde as ocorrências são maiores, para tentar evitar a perda do seu automóvel. Vamos falar sobre algumas delas, a partir de agora.

Tenha dispositivos de segurança visíveis

Entre um carro que esteja mais fácil e outro que apresente maiores dificuldades, certamente o ladrão vai escolher aquele que permitirá uma ação mais rápida. Por isso, uma das ações para tentar evitar roubos e furtos é a instalação de dispositivos, como travas e corrente de direção ou chaves interruptoras.

Procure equipamentos de segurança modernos

Se você busca maior eficácia, use a tecnologia a seu favor. Os bloqueadores de segurança, por exemplo, fazem com que a ignição e a bomba de combustível parem de funcionar em caso de furto, disparando um alarme para a empresa de monitoramento.

Já o localizador serve, como o nome já diz, para informar para onde foi levado o veículo, também acionando a empresa que vendeu o sistema. Por fim, o sistema de rastreamento de veículos é o mais avançado entre eles, pois informa a localização do automóvel com mais eficiência do que o localizador, aumentando as chances de recuperação do veículo.

Instale um sistema de alarme

Esse costuma ser o recurso mais utilizado pelos proprietários de veículos. Com o seu acionamento, o barulho acaba chamando a atenção, o que pode inibir a ação dos bandidos.

Use película, travas e vidros elétricos

Todas essas soluções têm a mesma função: inibir a ação do ladrão, que provavelmente vai preferir um veículo que seja mais fácil de abrir para poder escapar rapidamente.

Faça um seguro veicular

Por fim, mesmo com todas as precauções de segurança, não deixe de fazer o seguro do seu veículo. Afinal, com índices altos de criminalidade, não dá para correr o risco de perder o seu carro e ainda sair no prejuízo, certo? As coberturas das seguradoras oferecem a possibilidade de repor o dinheiro, em caso de roubo ou furto.

Como pôde ver, diante do índice de roubos e furtos, na maioria com uso da violência, é fundamental buscar soluções para proteger o seu patrimônio. Os itens de prevenção que mencionamos são cada vez mais procurados pelas pessoas, o que se justifica pelos dados alarmantes.

Com tudo o que leu até aqui, deve ter notado como uma solução de rastreamento veicular pode ser interessante. Leia mais um artigo e perceba como esse é um mercado que se abre cada vez mais, mas que também precisa de alguns cuidados para não errar na ferramenta escolhida.

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Navegação