Guia completo para fazer a gestão de negócio da melhor forma possível

Atualmente, muitos empreendedores iniciantes buscam variadas formas de consolidar sua empresa com sucesso. Para isso, eles vêm buscando, a cada dia, mais informações e conteúdos que os guiam para suas metas. Pensando nisso, uma das questões mais importantes para estabilizar seu empreendimento é a gestão do negócio. Com ela, os gestores têm maior estabilidade nas finanças e melhor organização da instituição.

Porém, grande parte deles ainda não sabem como organizar essa estratégia e implementá-la em sua empresa. Se você faz parte desse grupo, não se preocupe, pois vamos mostrar como você deve trabalhar para alcançar seus objetivos e quais os conceitos fundamentais para uma boa gestão.

Por isso, não deixe de acompanhar até o final as dicas do nosso guia completo e aplique em sua empresa para alavancar no mercado e obter sucesso. Confira!

O que é gestão do negócio?

A gestão do negócio é o ato de organizar as pessoas para atingir as metas e objetivos desejados em uma empresa. Esse gerenciamento requer a utilização dos recursos do negócio da maneira mais eficiente possível.

A organização, o planejamento, a liderança, a contratação de pessoal ou o controle e a direção de um esforço comercial, com o objetivo de atingir as metas listadas da empresa: tudo isso faz parte de uma gestão eficaz. Em um modelo de negócios com fins lucrativos, o gerenciamento se concentra na satisfação de uma série de partes interessadas, incluindo os executivos, seus funcionários, acionistas e o público em geral (clientes).

Nesse sentido, a principal função da gerência de negócios é garantir lucro, criar produtos valiosos e inovadores a um custo razoável (consumidores) e oferecer oportunidades de emprego. Assim, a gestão se refere às atividades e responsabilidades associadas à administração de uma organização.

Elas podem incluir planejamento, implementação, controle, monitoramento, organização, otimização, delegação, e assim por diante. Longe de assumir o controle de todas essas tarefas sozinho, os gestores desempenham um papel fundamental no coração de uma equipe de gerenciamento de negócios mais ampla.

Nenhuma empresa pode ter sucesso sem uma gestão forte e consistente. Papéis e responsabilidades diferem significativamente de um gerente para o próximo, embora sua finalidade primordial continue a mesma — construir e montar um negócio bem sucedido e próspero.

Em termos de estudo de gestão, os candidatos, geralmente, selecionam os cursos com maior potencial para ajudá-los na progressão na carreira. Nesse caso, os benefícios de estudar gerenciamento de negócios são de amplo alcance e aplicáveis ​​a uma variedade de carreiras em potencial.

Como funciona a gestão do negócio?

Os gestores têm a responsabilidade e o poder de examinar uma organização e tomar decisões. O tamanho da gestão do negócio pode ser desde uma única pessoa em uma organização até dezenas ou centenas de gerentes em empresas que estão em diferentes países.

Algumas pessoas pensam que a melhor maneira de avaliar o valor futuro e atual de um negócio depende da experiência e da qualidade dos gerentes. O objetivo da gestão é reunir as pessoas para alcançar os mesmos objetivos e metas desejados, usando os recursos disponíveis de maneira eficaz e eficiente.

As funções de gerenciamento incluem:

  • organizar;
  • dirigir ou liderar;
  • planejar;
  • administrar o pessoal;
  • controlar uma organização.

Elas também abrangem a manipulação e a implantação de recursos financeiros, naturais, humanos e tecnológicos. A gerência é necessária para facilitar um esforço conjunto para alcançar os objetivos da empresa.

Quais são os pilares da gestão do negócio?

Acreditamos que, para uma empresa obter sucesso, é necessário que ela se baseie em sete pilares que, quando focados, mantêm o negócio forte, saudável e pronto para qualquer desafio. Vejamos quais são, a partir de agora!

Estratégia e liderança

O crescimento é um passo arriscado e, quanto maior o risco, mais importante é ter um plano que sirva de mapa de rotas. As empresas gerenciadas pelo proprietário com planos de negócios têm desempenho melhor do que aquelas que não, mostrando um crescimento superior em vendas e lucros.

Como gestor, provavelmente, você está acostumado a gastar a maior parte do seu tempo  em seus negócios, fornecendo seus principais serviços ou produtos ou gerenciando as operações do dia a dia. Você está acostumado a combater incêndios, gerenciar a crise ou o repentino fluxo de trabalho, sem mencionar as férias da equipe, as questões de emprego e o gerenciamento de fluxo de caixa, entre outros.

De longe, a tarefa mais importante para o proprietário-gerente é trabalhar  na estratégia futura para os negócios. No entanto, o gestor típico gasta apenas 10% de seu tempo na construção da sua companhia para o amanhã.

Para que sua empresa cresça tanto em tamanho quanto em capacidade, você, como líder, precisa reservar um tempo para trabalhar em seu negócio e desenvolver líderes dentro da equipe. Indiscutivelmente, como esse é um dos maiores desafios que você enfrentará como parte de seu crescimento, precisa estar sempre de olho no futuro, tanto para sua empresa quanto para você.

Marketing

Atender às necessidades de um cliente é fundamental para o sucesso do negócio. Sem entender o seu público e desenvolver um produto ou serviço que possa atendê-lo, fazer vendas será uma luta árdua.

Muitas pequenas empresas diversificam muito cedo e não têm foco no mercado. As pequenas e médias organizações que mais crescem e são mais lucrativas costumam alcançar esses resultados, concentrando-se em seus principais produtos/serviços. Assim, oferecem algo diferenciado e os clientes entendem que estão diante de uma solução para o que precisam.

Vendas

Existem muitas abordagens para vendas, mas uma que nem sempre é lembrada é manter o cliente na casa. Dependendo do seu setor e, claro, do seu produto ou serviço, não se trata apenas de adicionar novos negócios e contatos à sua lista de possíveis clientes.

Um bom lugar para começar é com sua base de clientes existente, identificando por que eles usam seus produtos e serviços e analisando o que você pode fazer para trabalhar mais com eles. Afinal, se você passou algum tempo construindo ótimos relacionamentos, mantenha-se próximo deles e certifique-se de tirar o máximo proveito deles.

Parte de sua estratégia de vendas deve ser a identificação de oportunidades próximas de casa e a capacidade de articular o que você entrega tão bem, que faz com que você se destaque da concorrência.

Operações

À medida que você cresce seus negócios, manter a paixão, a motivação e a energia para oferecer um ótimo produto ou serviço pode ser um desafio por si só. Além de garantir que você tenha as pessoas certas para apoiar seu crescimento, precisa ter os sistemas e processos em prática para cumprir sua promessa. Ele precisa ser escalável e adaptável à mudança para oferecer a melhor chance de alcançar suas ambições e agradar ao cliente.

Equipe

Isso, é claro, é absolutamente essencial para o seu crescimento e sucesso. Não importa o quão inspirador você seja ou o quão claro seja o que deseja que sua empresa seja e para onde quer que ela vá. À medida que você aumenta seu sucesso futuro, cada vez mais, as pessoas que você reúne na empresa se tornam importantes.

Para chegar onde você quer estar, é preciso criar e gerenciar sua equipe, garantindo que você esteja sempre aproveitando ao máximo suas idéias e criatividade, e desenvolvendo líderes para o futuro.

Tecnologia

Sistemas, processos, funcionalidade, confiabilidade… A lista continua. Esteja você olhando para a entrega front-end de seu produto ou serviço, esteja analisando a funcionalidade de back office, o CRM ou como você inova em novas idéias, hoje em dia, a tecnologia será um dos maiores investimentos para o andamento do que você faz.

À medida que sua empresa cresce e as oportunidades surgem, você precisa ter certeza de que a tecnologia do seu negócio está integrada e vinculada aos objetivos da organização. Também é vital que o investimento feito hoje ainda seja relevante no futuro.

Não importa qual seja o negócio: haverá oportunidades para maior eficiência, controle aprimorado e capacidade de ter uma plataforma robusta, que possa suportar o crescimento da empresa. Inclusive, além de um processador de pagamentos seguro, você pode otimizar suas operações usando uma variedade de softwares. Existem ferramentas acessíveis para ajudar a gerenciar inventário , agendas de funcionários, folha de pagamento e faturamento, por exemplo.

Financeiro e jurídico

Obviamente, poucas empresas alcançam as alturas estonteantes de suas ambições sem ter uma força sobre seus números e garantir que tenham toda a cobertura legal relevante para protegê-las hoje e no futuro. Não ter uma estratégia financeira e controles financeiros adequados atuará como um sério empecilho para o seu desempenho e, pior ainda, colocará os negócios em risco real de falhar.

Como fazer um plano para gestão do negócio?

Ao desenvolver um plano de negócios , a ‘seção de gerenciamento’ descreve sua equipe, recursos e como a propriedade de sua empresa está estruturada. Ela não só deve descrever quem está em seu time de gestão, mas também, um conjunto de habilidades de cada pessoa que vai contribuir para a sua linha de fundo. Uma maneira conveniente de organizar essa seção é dividi-la nos pontos que listamos a seguir.

Estrutura de propriedade

Essa seção descreve a estrutura legal da sua empresa. Pode ser apenas uma frase, se sua organização for de propriedade exclusiva. Se o seu negócio é uma parceria ou uma corporação, pode demorar mais. Você deve ter certeza de explicar quem detém qual porcentagem de propriedade da empresa.

Equipe de gerenciamento interno

Nessa etapa, você deve descrever as categorias de gerenciamento de negócios relevantes para a sua companhia. Assim, identificar quem será responsável por cada categoria e incluir um breve perfil, destacando as habilidades de cada pessoa.

As categorias básicas de negócios de vendas, marketing , administração e produção funcionam para muitas pequenas empresas. Se o seu empreendimento tem funcionários, você também precisará de uma seção de recursos humanos. Dependendo da empresa, você também pode precisar de categorias de gerenciamento adicionais para atender às suas circunstâncias únicas.

Não é necessário ter uma pessoa diferente encarregada de cada categoria: algumas pessoas-chave da gerência costumam preencher mais de uma função. Identifique os principais líderes de sua empresa e explique quais funções e experiências cada membro da equipe preencherá. Você pode apresentar isso como um organograma em seu plano de negócios, embora o formato da lista também seja apropriado.

Junto a essa seção, você deve incluir currículos completos de cada membro da sua equipe de gerenciamento (incluindo o seu). Siga isso com uma explicação de como cada membro será remunerado, seu pacote de benefícios e descreva quaisquer planos de participação nos lucros que possam ser aplicados.

Guia completo: tudo o que você precisa saber sobre o mercado de monitoramento veicularPowered by Rock Convert

Se houver documentos relacionados diretamente aos membros da sua equipe de gerenciamento, como contratos de trabalho ou acordos de não concorrência, você deve incluí-los em um apêndice ao seu plano de negócios.

Recursos de gerenciamento externo

Embora os recursos de gerenciamento externo sejam frequentemente ignorados ao elaborar um plano de negócios, o uso eficaz deles pode fazer a diferença entre o sucesso ou o fracasso de seus gerentes. Pense nesses recursos externos como o backup da sua equipe de gerenciamento interno. Eles dão credibilidade à sua empresa e um conjunto adicional de conhecimentos.

Qual a importância do planejamento?

Um plano de negócios bem escrito é uma ferramenta importante porque oferece aos empreendedores a capacidade de definir seus objetivos e acompanhar seu progresso, à medida que sua companhia começa a crescer. Por isso, formular um bom planejamento deve ser o primeiro ato a ser feito ao iniciar um nova empresa.

Os planos de como abrir um negócio também são importantes para atrair investidores, para que possam determinar se sua organização está no caminho certo e se vale a pena investir dinheiro.

Geralmente, os planos de negócios incluem informações detalhadas que podem ajudar a melhorar as chances de sucesso da empresa. Entre elas, podemos citar:

  • análise de mercado;
  • avaliação competitiva;
  • segmentação de clientes;
  • plano de marketing;
  • análise de viabilidade;
  • planos de logística e operações;
  • projeção de fluxo de caixa e um caminho geral para o crescimento em longo prazo.

Embora possa parecer algo tedioso e demorado, a elaboração do plano é fundamental para o sucesso. Para descrever a importância dos planejamentos, aqui estão algumas razões pelas quais você precisa de um para sua pequena empresa:

  • ajudar você com decisões críticas;
  • evitar os grandes erros;
  • provar a viabilidade do negócio;
  • definir e comunicar melhor os objetivos e referências;
  • entender melhor o cenário mais amplo;
  • reduzir o risco.

Como elaborar um plano de marketing?

Sua estratégia de marketing bem desenvolvida ajudará você a atingir os objetivos da sua empresa e a construir uma forte reputação para seus produtos. Um bom planejamento nesse setor serve para direcionar seus produtos e serviços para as pessoas com maior probabilidade de comprá-los. Geralmente, você cria uma ou duas idéias poderosas para aumentar a conscientização e vender seus produtos.

O desenvolvimento de uma estratégia de marketing que inclua os componentes listados abaixo ajudará a empresa a aproveitar ao máximo seu investimento no setor, manter sua propaganda focada, medir e melhorar seus resultados de vendas.

Identifique seus objetivos de negócios

Para desenvolver sua estratégia de marketing, identifique suas metas de negócios abrangentes, para que você possa definir um conjunto de objetivos que vão apoiá-las. Suas metas de negócios podem incluir:

Ao definir metas, é fundamental ser o mais direcionado possível, para que você possa medir efetivamente os resultados com o que pretende atingir. Um critério simples para o estabelecimento de metas é o método SMART:

  • S (específico): listar claramente o que você quer alcançar;
  • M (mensurável): definir medidas concretas para que possa medir seus resultados;
  • A (alcançável): estabelecer objetivos que estejam dentro da sua capacidade e orçamento;
  • R (relevante): definir objetivos que o ajudarão a melhorar aspectos específicos do seu negócio;
  • T (objetivos): estabelecer o que a empresa pode conseguir dentro do tempo que você determinar.

Declare suas metas de marketing

Defina um conjunto de metas de marketing específicas com base nas metas de negócios listadas acima. Esses objetivos motivarão você e sua equipe e ajudarão a avaliar seu sucesso.

Exemplos de objetivos de marketing incluem maior penetração no mercado (venda de mais produtos existentes para clientes já estabelecidos) ou desenvolvimento de mercado (venda de produtos existentes para novos mercados-alvo, como um negócio no ramo de segurança). Esses objetivos de marketing podem ser de longo prazo e levar alguns anos para serem alcançados com sucesso. Porém, eles devem ser mensuráveis e objetivos, ​​tendo prazo para a entrega do serviço ou produto.

Analise se suas práticas gerais também têm sido fáceis e estimáveis. Um bom método de marketing não será transformado anualmente, mas retificado quando suas estratégias forem atingidas. Além disso, pode ser necessário fazer readequações, se o seu mercado externo mudar devido a um novo concorrente ou nova tecnologia, ou se os seus produtos mudarem substancialmente.

Pesquise seu mercado

A pesquisa é uma parte essencial da sua estratégia de marketing. É necessário que se faça coleta de dados sobre o seu mercado, como tendências sociais, tamanho e crescimento, e demográficas (sexo, tipo de família, idade e estatísticas da população).

É importante manter um olho no seu público para que você esteja ciente de quaisquer mudanças ao longo do tempo, para que sua estratégia permaneça relevante e direcionada.

Perfile seus clientes em potencial

Use sua pesquisa de mercado para desenvolver um perfil dos clientes-alvo e identificar as necessidades deles. Ele revelará seus padrões de compra, incluindo como, onde e o que adquirem. Mais uma vez, revise regularmente as tendências para não perder novas oportunidades ou se tornar irrelevante com sua mensagem de marketing.

À medida que busca por novos consumidores, analise se o seu método de marketing também possibilita nutrir o contato os clientes já fidelizados.

Faça o perfil dos seus concorrentes

Da mesma maneira, como parte de sua estratégia de marketing, é preciso aprimorar seu perfil diante da concorrência, caracterizando seus serviços e produtos, valores e técnicas de marketing. Utilize essa técnica para constatar sua vantagem competitiva — o que distingue sua empresa das demais concorrentes.

Você também pode apontar os fatores estáveis e instáveis de suas próprias tarefas internas para auxiliar na performance em comparação à concorrência.

Desenvolva estratégias para apoiar seus objetivos de marketing

Liste seus mercados-alvo e elabore um conjunto de estratégias para atraí-los e retê-los. Um exemplo de objetivo pode ser aumentar a conscientização dos jovens sobre seus produtos. Nesse caso, suas ações correspondentes podem ser:

  • aumentar sua presença nas mídias sociais online, postando atualizações regulares sobre seu produto no Twitter ou no Facebook;
  • fazer publicidade em revistas locais voltadas para jovens;
  • oferecer descontos para estudantes etc.

Use os 7 P’s de marketing

Identifique seu mix de marketing tático usando os 7 Ps. Se você pode escolher a combinação certa entre produto, preço, promoção, local, pessoas, processo e evidência física, é mais provável que sua estratégia de marketing seja um sucesso.

Teste suas idéias

Ao definir suas estratégias, faça alguma consulta online, experimente algumas ideias e abordagens sobre seus clientes e seu time e verifique o que funciona. Você necessitará optar por diversas táticas para corresponder às necessidades do seu público, atingi-los aperfeiçoar seus resultados de vendas.

Como trabalhar a gestão de clientes e contratos?

Quando a gestão de contratos é tratada corretamente, o gerenciamento deles inclui manuais legais, portais de autoatendimento, assinatura eletrônica e modelos jurídicos pré-aprovados. Para pequenos empresários, o ideal é contratar o serviço.

Os recursos legais são gratuitos para gerenciar por exceção, e podem focar a atenção nos contratos críticos, ou fora do padrão, que normalmente introduzem riscos à organização. Conheça os estágios do gerenciamento de contratos abaixo!

Receber o pedido

Após o processo de cotação, os usuários comerciais expressam a necessidade de um contrato legal (por exemplo, de serviço ou de licença padrão). O “repositório” de contratos — geralmente um arquivo, desktop de computador ou servidor compartilhado —, geralmente, é desorganizado, sem modelos para criar documentos consistentes.

Portanto, contratos desatualizados são usados ​​como modelos ad-hoc, levando a possíveis riscos financeiros e de conformidade.

Gerar

O departamento jurídico precisa se envolver para criar cada contrato, seja ele padrão, seja específico. Esse é o estágio em que o gargalo, geralmente, ocorre. Por isso, é uma etapa que deve ser seguida de perto.

Negociar

As negociações começam a ocorrer para determinar quais termos e condições estão no contrato final. Quando as partes entrarem em um consenso, que esteja dentro da lei, é possível iniciar o próximo passo.

Aprovar

As vendas estão pressionando para que os termos do contrato sejam aprovados, mas, dependendo do tamanho do documento, ele precisará ser aprovado e assinado por jurídico, executivos, partes interessadas, todas as equipes internas e o cliente.

Executar

Os termos se tornam um conjunto de instruções para as diferentes partes que precisam entregar contra eles. O reconhecimento da receita começa. Os contratos são armazenados em um servidor online ou arquivo centralizado para facilitar o acesso e a pesquisas em caso de alterações.

Pesquisar e gerar relatório

Todos os diferentes departamentos precisam de informações do contrato em momentos diferentes, por razões diversas, para que as informações possam ser acessadas ​​eletronicamente. Termos, metas e dados são pesquisados ​​e relatados com facilidade.

Cumprir

Ambas as partes estão mantendo seus fins do acordo? Leva algum tempo e esforço para descobrir isso, porque os membros da sua equipe precisam revisar as transações manualmente, em relação aos contratos, para procurar sinais de não-conformidade.

Alterar e revisar

Os alertas ajudam as empresas a renovar contratos que desejam manter, encerram aqueles que não são mais úteis e iniciam o processo de renegociação com antecedência suficiente, antes da data final, para que haja tempo para chegar a um acordo sobre novos termos para esses documentos.

Qual a importância de contar com um parceiro?

Os relacionamentos com parceiros de negócios são conexões e recursos importantes, à medida que conduzimos os trabalhos, planejamos o futuro e desenvolvemos nosso conhecimento sobre produtos, mudanças e tendências. Assim, a construção de futuros relacionamentos com parceiros de negócios pode nos ajudar quando um produto ou serviço é alterado ou quando um produto ou serviço adicional é necessário.

Também pode servir como uma estrutura sólida para oferecer aquilo que sua empresa ainda não tem condições de manter. Portanto, os parceiros de negócios são importantes para a nossa educação continuada, pois nos fornecem informações atuais sobre produtos e serviços mais procurados, sobre tendências e financiamento para atividades educacionais, dão o suporte necessário e ajudam a expandir a marca da empresa.

Por fim, a gestão do negócio concentra-se nos principais objetivos que, quando cumpridos, contribuem para objetivos menores. Sem objetivos específicos, não há direção. As metas podem exigir mais renda do que a empresa está fornecendo. Os gestores, então, estão sempre interessados em desenvolver um novo plano que proporcione mais renda.

Gostou do post? Não perca mais tempo, entre já em contato conosco e tire suas dúvidas com o suporte técnico da nossa equipe!

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"