Erros em venda: aprenda a separar contas pessoais do caixa da empresa

Um dos erros em vendas mais comuns entre os empreendedores — especialmente aqueles que estão começando seus negócios — é não saber como separar suas contas pessoais do caixa da empresa.

Apesar de normal, essa falha tende a comprometer a lucratividade do negócio e, ao longo prazo, prejudicá-lo de forma irreversível, bem como sua reputação no mercado.

Se você é uma das pessoas que têm dificuldade para entender por que deve haver essa separação (e como iniciá-la desde já!), acompanhe as dicas desse artigo e as coloque em prática, evitando de errar nas vendas.

 

Erro em vendas: por que separar as contas pessoais do caixa da empresa?

Lidar com as finanças é um desafio para muita gente. Em uma pesquisa realizada pela empresa Acordo Certo, focada em renegociação de dívidas, 55% dos 1.428 entrevistados confessaram estar sempre no vermelho e 73% não têm reserva de emergência. Os dados comprovam a importância de aprender sobre educação financeira e como ela pode impactar no bem-estar do consumidor.

Se é difícil controlar o dinheiro em uma única conta pessoal, imagine quem também é responsável por gerenciar o financeiro de uma empresa e precisa de estratégias para utilizá-lo a favor do negócio.

Se o lucro adquirido for 100% do empreendedor, qual valor será investido ou usado como capital de giro? Essa é uma das questões que atestam que a organização e o planejamento são fundamentais para a sobrevivência de qualquer corporação.

O que pode acontecer se as contas não forem separadas?

Em curto prazo, é possível que não se note grandes diferenças, especialmente, se o negócio está indo bem. No entanto, todo segmento passa por um período de estiagem e, quando ele chega, quem não está preparado sofre as consequências. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) constatou que 62% das empresas brasileiras fecham com cinco anos (ou menos) de existência. E que um dos principais motivos para isso é a má gestão financeira.

No mercado, o empreendedor também pode se prejudicar ao misturar as contas, caso precise de empréstimos bancários. A confusão entre pessoa física e pessoa jurídica atrapalha a credibilidade de ambos junto a instituições financeiras e pode demonstrar falta de experiência ou a própria má administração. Entende por que a separação só traz benefícios para a empresa.

Como separar as finanças pessoais e empresariais?

Se você sempre misturou as contas, calma. A mudança pode ser gradual, desde que seja constante e as dicas sejam aplicadas. Tenha em mente que é para o bem da sua empresa — e do seu bolso.

Guia completo: tudo o que você precisa saber sobre o mercado de monitoramento veicular

Analise suas finanças

Hora de colocar na ponta do lápis todas as entradas e saídas de verba. Tenha minúcia nessa lista, pois ela deve ser fiel a todos os gastos. Inicialmente, não precisa separar o que é pessoal e o que é corporativo — apenas anote ou registre em uma planilha quais são as despesas fixas e variáveis. Ao finalizar, categorize-as de acordo com o grupo. Assim, será possível avaliar como estão suas finanças pessoais, qual é o real lucro da empresa, etc. 

Defina seu salário

Sabendo uma média de quanto se gasta por mês, torna-se mais fácil definir um valor de salário — e esse sim poderá ser 100% aproveitado. Lembre-se que o pró-labore deve ser razoável e realista, respeitando a lucratividade da companhia e, principalmente, os investimentos que ela precisa.

Para fazer isso, considere o mês de menor faturamento. Com esse valor, subtraia as despesas corporativas e o que é guardado como reserva. O número final pode ser seu salário. Você também pode ter bonificações, não necessariamente mensais, que podem variar de acordo com as metas de ganhos da empresa.

Separe as contas

Diversos bancos — inclusive os digitais — oferecem condições atrativas e diferenciadas para pessoas físicas que desejam abrir sua conta jurídica. Pesquise a opção que melhor combina com você e seu negócio e separe as contas. Esse é um dos primeiros passos para enfatizar a organização do dinheiro. Com uma conta específica para sua empresa, vai ficar mais fácil saber o que está entrando e saindo — e a sua conta pessoal fica livre e exclusiva para seu uso.

Estabeleça metas

Com as devidas separações, você vai saber quanto pode destinar para ações de crescimento do negócio, bem como quanto deve economizar. Sendo assim, estabeleça metas e objetivos e crie um planejamento financeiro para a empresa. Siga acompanhando mês a mês, sempre registrando o que está dando certo e o que precisa melhorar. É uma forma de conhecer bem seu negócio e adquirir experiência no mercado.

Tenha uma poupança corporativa

Lembre-se: o seu dinheiro não é o dinheiro da empresa e vice-versa. Portanto, quando o negócio estiver precisando de uma injeção de verba, o investimento deve partir dela mesma — por meio da poupança corporativa. Crises são imprevisíveis e se preparar para elas é indispensável.

Analise seu faturamento e reserve uma porcentagem mensal para poupança. Assim, se precisar, não será necessário mexer na sua conta pessoal nem depender de empréstimos de banco. Tenha sua própria poupança corporativa!

Contrate um contador

Um profissional de ciências contábeis é de muita valia para qualquer pessoa que empreende. Além de conhecer os termos e os trâmites, eles são familiarizados com os impostos e demais taxas exigidas, podendo lhe ajudar a passar por esse processo, de forma mais rápida e fácil.

Então, se puder, contrate um. Essa admissão vai favorecer não apenas as contas da empresa, mas as suas também, como na declaração do imposto de renda, por exemplo. É um investimento que vale a pena e rende frutos de curto e longo prazo.

A boa saúde financeira — corporativa e pessoal — é essencial para aproveitar bem seu dinheiro e poder investi-lo no que deseja. Assim, a separação das contas é um dos passos iniciais para isso acontecer e garantir bons resultados. Quem sabe esse planejamento não é o que o seu negócio precisa para uma virada de chave? O crescimento da sua empresa está ao seu alcance.

Não separar as finanças pessoais das empresariais é um dos erros em vendas cometidos por você na sua empresa? Esperamos que nossas dicas tenham lhe ajudado! Assine nossa newsletter e tenha acesso a mais conteúdos como esse. 

0 Comentários

  1. looking for man craigslist virginia beach

    https://tinyurl.com/y38pw3vz

    women looking for man florida wife
    dating a girl from portugal
    looking for man craigslist omaha
    dating women over 60
    dating a girl taller than you

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"