Rastreamento veicular: como funciona o monitoramento em tempo real?

Você já teve a impressão de um aumento da violência do país? Não é apenas uma sensação: só entre 2007 e 2017, em cidades interioranas, houve um acréscimo de 51,5% na taxa de mortes violentas, e em capitais os números continuam crescentes. Diante disso, é possível que você se pergunte como funciona o monitoramento em tempo real para oferecer maior proteção ao veículo e aos seus donos.

Afinal de contas, essa se tornou uma das principais estratégias de segurança de pessoas físicas e jurídicas. Não é à toa que Uber, um dos aplicativos de transporte mais conhecidos, tem contrato com empresas para checar dados de veículos e motoristas em tempo real, a partir do smartphone.

Quer entender mais como funciona o monitoramento em tempo real e seus principais objetivos? Continue a leitura!

Para que serve o monitoramento em tempo real?

O rastreamento veicular é um dispositivo de geolocalização instalado em veículos para indicar a trajetória e a localização. Isso pode ocorrer via satélite, por exemplo, como o famoso GPS (Sistema de Posicionamento Global).

Segurança

Dessa maneira, ao garantir o monitoramento em tempo real, trazendo informações 24 horas por dia e 7 dias na semana, é possível evitar alguns crimes cometidos dentro do veiculo e até ajudar na resolução de outros, que coloquem em risco a integridade física do motorista, passageiros e, até mesmo, do veículo e das cargas transportadas.

Tenha em mente, novamente, o exemplo do Uber. Mesmo sendo um dos aplicativos mais utilizados no planeta, já esteve presente em notícias relacionadas a crimes, especialmente, antes de adotar a ferramenta de compartilhar dados da viagem em tempo real. Não se trata de um rastreamento veicular, mas foi uma medida importante para aumentar a segurança dos passageiros.

Planejamento estratégico

Especialmente se você tem um negócio que trabalha com cargas, é importante escolher o trajeto mais seguro, mais rápido, com a melhor infraestrutura e que ofereça a minimização de qualquer problema para otimizar a operação e o planejamento estratégico.

Insights para os gestores

Os dados que o rastreamento veicular possibilita, como as estatísticas de desempenho do motorista, do veículo etc., servem como relatórios periódicos — diários, semanais ou mensais. Eles podem embasar as empresas para que otimizem ações de manutenção preventiva, além de avaliar o comportamento do motorista contratado.

Isso é fundamental, especialmente, para operações de logística, e pode garantir um serviço de maior qualidade aos clientes. Afinal, uma entrega eficiente e até mais econômica costuma ficar no ranking das principais motivações de compra dos consumidores.

Redução de custos

Conforme mencionado, o monitoramento em tempo real do rastreamento veicular oferece um maior controle do que pode ocorrer durante o percurso, como estradas ruins e mais demoradas, obras etc.

Assim, diminui os equívocos e, consequentemente, os custos ocasionados. Além disso, ajuda a combater fraudes de clientes, que podem alegar não ter recebido os produtos da empresa. A partir do monitoramento, há provas de a entrega ter sido ou não realizada.

Geopropaganda

A geopropaganda é uma metodologia do marketing e publicidade que utiliza informações sobre a localização das pessoas, normalmente, obtidas a partir dos aplicativos de celular, mas também podem ser disponíveis em veículos. Nessa modalidade, produz conteúdos personalizados e mais eficientes com base na localização.

Por exemplo, se você frequenta muito a zona rural de determinada cidade, a partir dessa informação obtida pelo rastreamento veicular, é possível construir mensagens customizadas pela equipe de marketing, mostrando a importância de contar com ferramentas de monitoramento em tempo real para prevenir inconvenientes no percurso nessas áreas.

Facilidade de uso

Algumas ferramentas de monitoramento em tempo real possibilitam o controle da trajetória veicular diretamente da tela de celular, computador ou navegador. Isso torna seu uso mais acessível e fácil para a gestão.

Como funciona o monitoramento em tempo real?

Como foi dito, o rastreamento veicular precisa de uma tecnologia para funcionar, que normalmente é o GPS, mas também, pode ser uma rede de radiofrequência. Os satélites envolvidos no GPS são equipados com relógios atômicos, que conferem o tempo entre a emissão dos sinais até a chegada da resposta. A partir dessa informação, pode-se calcular com precisão a localização.

Esses itens extraem as informações graças ao On Board Diagnostics (OBD), um dispositivo muito pequeno que deve ser encaixado em uma entrada existente em todos os veículos feitos no Brasil, a partir de 2010.

Assim, as tecnologias são responsáveis pelo envio em tempo real de dados para uma central, que deve coordená-los e repassar aos interessados, como o dono de um veículo ou um gestor de frota, para veículos corporativos. Para que tudo corra adequadamente, são necessários três elementos fundamentais:

  • dispositivo conectado ao veículo (rastreador veicular);
  • sistema de comunicação que interaja com o disposto;
  • meio de levar essas informações até um usuário.

Qual a diferença entre rastrear e monitorar?

Como o próprio nome sugere, monitorar é acompanhar a trajetória de um veículo em tempo real, do início ao fim, para oferecer mais segurança, um melhor planejamento estratégico, insights para os gestores e muito mais.

Além disso, algumas ferramentas de monitoramento também são capazes de determinar a posição de um veículo e informar sobre o funcionamento, desgaste e necessidade de manutenção, o que ajuda na maior qualidade do deslocamento, a partir da telemetria. Porém, a tecnologia exige o uso de uma rede de internet com dados móveis.

Enquanto isso, o rastreamento observa a trajetória veicular e coleta informações sobre isso ao longo do processo para que tudo ocorra conforme o planejado. Mas isso não é feito de forma simultânea e em tempo real, colocando algumas limitações.

Conseguiu entender como funciona o monitoramento em tempo real e seus benefícios tanto para pessoas físicas quanto jurídicas? Por meio dele, é possível aumentar a segurança, otimizar o planejamento estratégico, obter insights para os gestores, ser gerido com facilidade, redução de custos etc.

Gostou do post? Então, aproveite para assinar nossa newsletter e receber atualizações de conteúdo em nosso blog!

Rastreamento para carros alugados: vale a pena apostar nesse mercado?

Só em 2019, as locadoras de veículos registraram recordes, o que resultou em um faturamento de R$ 21,8 bilhões, de acordo com a Abla, — já que esse modelo representa uma nova oportunidade de emprego e comodidade para o passageiro.

Junto com isso, também surge um maior interesse pelo rastreamento para carros alugados. Isso porque os maiores índices de violência urbana servem como alerta para as pessoas dobrarem os cuidados com a segurança. Só em 2016, no Brasil, um veículo foi roubado por minuto.

Além disso, o rastreamento de veículo tende a crescer, especialmente durante a crise, situação em que aumenta a insegurança financeira, tornando esse tipo de investimento uma das melhores formas de prevenção, ainda mais quando se trata de carros alugados.

Pensando justamente nas possíveis dúvidas sobre o mercado de rastreamento para carros alugados, preparamos esse post para você. Confira!

Vantagens de investir no rastreamento para carros alugados

Um carro é um grande investimento e muitas pessoas passam anos para terminar de pagá-lo. Por essa razão, é importante encontrarmos formas de aumentar a proteção contra assaltos, furtos ou qualquer outro problema que possa comprometer a integridade do bem. Quando se trata de carros alugados, esse cuidado só tende a se redobrar. Assim, conheça as vantagens do rastreamento para carros alugados.

Investimento inicial baixo

Entre as alternativas de proteção veicular, o rastreamento é o que apresenta uma das menores mensalidades cobradas, o que permite um custo-benefício atrativo. Além disso, algumas empresas que trabalham com esse tipo de serviço oferecem todo o suporte inicial, até que a contratante atinja a marca de 100 veículos rastreados.

Entre os custos envolvidos com o rastreamento veicular, temos a despesa com instalações, compras de equipamentos, documentação exigida para formalização e o capital de giro — investimento necessário para que o empreendimento se mantenha sustentável, durante os primeiros meses de funcionamento.

Outro ponto que torna o investimento inicial baixo é que, por aumentar a segurança veicular, o valor cobrado pelo serviço de empresas seguradoras costuma ser mais baixo, já que a ferramenta facilita a localização do transporte.

Alta lucratividade

Como já foi dito, o mercado de rastreamento para carros alugados se mostra crescente, até em períodos de crise, já que, nesses momentos, é comum que as pessoas invistam em alternativas preventivas.

Assim, se você oferecer um serviço de qualidade, contar com técnicas de vendas, estratégias de marketing direcionadas para as dores e necessidades de um público conhecido e definido, é possível reter e atrair clientes, mantendo altos índices de satisfação e, consequentemente, gerando mais lucratividade.

Esse tipo de benefício se torna ainda mais fundamental para aqueles que estão iniciando no empreendedorismo, já que ter um investimento inicial baixo e apresentar uma alta lucratividade pode ser uma maneira de equilibrar a quantia que você ganharia tendo um emprego formal, em vez de ter o próprio negócio. Porém, justamente pelos desafios do empreendedorismo, é importante encontrar diferenciais para aumentar as vendas.

Além das técnicas mencionadas, a recomendação é que você conte com a estratégia do cross-sell — também chamado de venda cruzada — que funciona ao oferecer para o consumidor um serviço completar ao adquirido. Para isso, não deixe de realizar pesquisas de mercado para entender seu cliente e construir uma melhor experiência para eles.

Aumento da segurança

Como foi dito, os números de roubos veiculares no Brasil são alarmantes, especialmente se o carro for alugado. Apenas no caso de roubo de cargas em transporte rodoviário, relatórios mostram que as perdas financeiras, entre os anos de 2011 e 2016, giraram em torno de R$6,1 bilhões.

Dessa maneira, oferecer sistemas que ajudem na prevenção desse, e até de outros tipos de crimes, é fundamental, já que isso pode evitar ações impulsivas de criminosos e auxiliar na resolução de muitos outros, tornando o mercado muito favorável para o serviço.

Redução de custos

Além de oferecer investimentos baixos, o rastreamento para carros alugados também permite uma redução de custos, como o controle de consumo de combustível — que é um dos principais custos para transportes rodoviários. Isso ocorre quando é possível contar com a programação de abastecimento para evitar desperdícios e tornar o processo mais prático e econômico.

Avaliação dos motoristas

Especialmente no caso de motoristas de transportes alugados, contar com mecanismos capazes de avaliar o comportamento dos condutores, como o rastreamento veicular, é fundamental.

No caso de aplicativos de carona, como o Uber, por exemplo, saber que existe essa ferramenta durante todo o trajeto aumenta a segurança na viagem e diminui a resistência de contar com o serviço, o que torna o investimento positivo para as empresas de aplicativos e até motoristas que alugam veículos.

Da mesma maneira, condutores que prestam serviços para outras corporações, como entregas de comida, por exemplo, podem ter um serviço capaz de checar as paradas, pausas, controle de horas trabalhadas por dia, limites de velocidade, possíveis acelerações e frenagens bruscas.

Com isso, muito além da punição para os profissionais que descumprem as orientações de boa conduta, é possível prevenir ações indevidas e, até mesmo, criar premiações ou treinamentos mais eficientes e direcionados, com base nas informações colhidas.

Assistência 24 horas

Como foi dito, muitas empresas que oferecem o rastreamento, como a Getrak, garantem todo o suporte inicial, até que o seu empreendimento tenha um maior crescimento e você já esteja bem treinado, bem como por dentro do assunto para ‘’caminhar com as próprias pernas’’.

Porém, não pense que, após esse contado de início, o suporte acaba: muitas corporações também garantem assistência 24 horas, sem envolver gastos extras ao contratante do serviço. Desse modo, a ferramenta oferecida é mais completa e conta com o diferencial necessário, mencionado anteriormente, para os empreendedores.

Ou seja, o mercado de rastreamento para carros alugados é favorável, inclusive em tempos de crise. No entanto, para conseguir realmente um bom investimento, é preciso contar com fornecedores de qualidade no mercado nesse ramo, como a Getrak. Afinal, ela conta com um profissional responsável pela implementação do sistema junto ao cliente e ainda oferece acompanhamento próximo e consultivo.

Então, tirou suas dúvidas sobre o mercado de rastreamento para carros alugados? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar!

Conheça as principais tecnologias alternativas de recuperação veicular

Ao adquirir um carro, seja novo ou usado, seu proprietário deve se preparar para arcar com o seguro do automóvel. No Brasil, o roubo e furto de veículos apresenta dados preocupantes e torna indispensável o investimento em segurança. Nesse ano, houve um aumento de 14,5% no número de ocorrências, com destaque para as grandes capitais do Sudeste, como São Paulo e Rio de Janeiro.

Mesmo em quarentena, as estatísticas apontam para a necessidade de proteger seu veículo, corporativo ou particular. Sem essa proteção, o prejuízo é maior e pode comprometer seu orçamento familiar. Além do seguro, algumas medidas podem ser tomadas para prevenir o sinistro. Conheça, a seguir, algumas tecnologias alternativas de recuperação veicular.

Alerta de ignição

Quando o proprietário instala um rastreador em seu veículo ou contrata uma empresa que realiza esse serviço remotamente, ele tem a opção de utilizar o alerta de ignição. Essa tecnologia consiste em enviar uma notificação ao condutor quando o carro for ligado — ou quando a ignição for acionada, em outras palavras.

Também conhecida como alerta de veículo ligado, essa função pode alertar o condutor a respeito de alguma atividade suspeita em seu carro. Geralmente, essa notificação é ativada pelo próprio proprietário pela internet, por meio de um aplicativo específico.

Monitoramento dos hábitos de condução do motorista

Apesar de o passo a passo para aprender a dirigir um carro ser o mesmo para todos, nem todo mundo dirige da mesma forma. Alguns são mais cautelosos e preocupados em obedecer as leis de trânsito — e, assim, evitar multas —, outros trafegam constantemente no limite de velocidade — ou acima dele — e há quem seja o meio termo entre essas duas categorias.

Em todo caso, há uma forma de se monitorar a forma que o motorista conduz o veículo e, a partir disso, identificar se é ele no volante ou se pode ser uma pessoa suspeita, em um ato criminoso. Esse monitoramento acontece por meio da telemetria — um sistema que analisa hábitos de condução de motoristas.

Um dos seus principais objetivos, além de proteger veículos contra roubos e furtos, é auxiliar na gestão de frotas realizadas por empresas de logística, rastreamento, transportadoras, etc. Ele informa como o condutor dirige, verificando pontos, como: excesso de velocidade, tempo do veículo parado com o motor ligado, tráfego em ponto morto, entre outros. Isso pode, inclusive, ajudar a economizar combustível e prevenir acidentes.

Aplicativos de monitoramento

Se você é cliente de uma central de rastreamento, é possível que a empresa já ofereça esse benefício: um aplicativo que permita acompanhar o carro, em tempo real, além de outras funcionalidades. Trata-se de um recurso bastante usado por motoristas credenciados em aplicativos de corrida, a fim de proteger seus veículos e a si mesmos.

Caso a central não ofereça esse suporte, existe uma opção disponibilizada pelo Google Maps, por meio do Transport Tracker. Essa solução foi criada inicial e especificamente para auxiliar entregas ou transporte de cargas, mas pode ser usada para fins pessoais também. O custo varia de acordo com sua necessidade e utilização. Esse aplicativo permite a captura da localização do veículo, enquanto a armazena em um banco de dados, sendo atualizado, em tempo real.

Rastreamento com redundância

Apesar da segurança que os rastreadores oferecem, não é incomum se deparar com criminosos que saibam como desativar seu sistema principal. É por essa razão que muitas empresas resolvem investir em um equipamento com redundância, ou seja, um segundo rastreador, para garantir a eficiência do serviço.

Esse aparelho funciona de forma independente — não depende do sistema para operar. Pequeno, ele é discreto e deve ser instalado na parte interna ou externa do veículo. A comunicação se dá por meio dos dados GSM/GPRS e seu custo é mais acessível.

O equipamento é mais indicado para caminhões que já têm o rastreador satelital instalado. Entre seus benefícios, vale a pena destacar:

  • localização ilimitada 24 h por dia, pela internet;
  • relatório de viagem e quilometragem;
  • limitador de velocidade;
  • pontos de referência;
  • entre outros.

Câmera interna veicular

Assim como o rastreamento com redundância, as câmeras internas veiculares também são mais comuns em caminhões. Elas servem para monitorar as cargas, mas também permitem visualizar as condições das rodovias, a forma que o motorista conduz o veículo e se a rota está sendo cumprida.

Ela pode ser colocada fora do veículo também, e as mais modernas oferecem até visão infravermelho e visualização noturna. A câmera pode fazer parte de um sistema de monitoramento e incorporar outras funções, como GPS para dados de localização e sensores, que podem interromper a ação do motor quando a rota programada for desviada.

Botão de pânico

Esse dispositivo age em conjunto com o rastreador veicular e permite que o condutor acione, de maneira discreta, o socorro, em situações de emergência. Geralmente, as empresas de rastreamento de veículo não oferecem a opção a parte, sendo comercializada junto com rastreador tradicional.

Nesse caso específico, o botão serve para, principalmente, proteger o condutor do veículo, pois, ao acioná-lo, é enviado um alerta para a central, com uma mensagem padronizada e a localização do carro, em tempo real. Todos os veículos podem fazer uso do aparelho. É importante frisar que ele não serve apenas para proteger cargas e automóveis, mas para, sobretudo, assegurar os condutores, em caso de sequestros relâmpagos, por exemplo.

A Getrak oferece inúmeras soluções — além das destacadas acima — para proteger seu veículo, com agilidade, precisão e qualidade. Um dos diferenciais é uma ferramenta no sistema de rastreamento, chamada Painel de Sinistro. Por meio dela, é possível:

  • acompanhar a ocorrência;
  • comunicar-se, via WhatsApp, com a Central;
  • ver relatórios detalhados;
  • bloquear o acesso para o cliente final.

Para oferecer um serviço completo com um custo-benefício atrativo, é essencial investir em uma empresa que já é tradicional no mercado, com presença em outros países e com clientes igualmente renomados.

Agora que você já conhece melhor as tecnologias alternativas de recuperação veicular, o que acha de entrar em contato conosco para encontrarmos a melhor solução para sua empresa?

Entenda a importância do mercado de rastreamento de veículos

A tecnologia, certamente, vem redirecionando o mundo. Grande parte das empresas, principalmente no setor de logística e transporte, hoje, buscam no mercado de rastreamento de veículos um instrumento para coordenar suas ações comerciais diárias.

Essas ferramentas vêm com diversos mecanismos avançados, como geofencing, que auxilia você a organizar seu time e aperfeiçoar a produtividade do seu negócio. As organizações podem utilizar esses dispositivos para inúmeras tarefas.

Por isso, convidamos o Silvino Moreira, Analista de Marketing da Getrak para nos contar sobre a relevância dessa estratégia. Confira!

Por que proprietários de motos devem investir em rastreamento para o veículo?

“O primeiro motivo é a segurança, pois, somente de janeiro a julho deste ano, cerca de 6 mil motos foram roubadas ou furtadas, somente em Minas Gerais”, comentou Silvino Moreira. Realmente, é um número muito elevado e isso traz grandes preocupações aos proprietários de motocicletas. Essa categoria tem aumentado a demanda do mercado de rastreamento de veículos.

Segundo o Analista de Marketing, Silvino Moreira “a ação dos bandidos é muito rápida e a recuperação se torna muito difícil, sem um dispositivo de segurança”. Isso deixa os condutores de motos incomodados e temerosos — principalmente, aqueles que não contam com um serviço de rastreamento. “E outro motivo são os custos. Seguros para motos populares são muito caros, devido ao alto índice de sinistralidade”, pontuou Moreira.

Como a pandemia aumentou a demanda por serviços delivery?

Como a quantidade de casos da Covid-19 avançavam de forma rápida, no início do ano, as pessoas tiveram que se resguardar por alguns meses. Assim, o serviço que mais teve ascensão no comércio, na indústria e outros setores foi o delivery. Desse modo, as pessoas recebem seus pedidos, comidas e outros dentro de casa, com a entrega rápida e ágil, desses heróis do asfalto.

Do mês de outubro até o momento, os casos voltaram a se elevar. Ainda não temos uma data prévia para imunização da população. Então, a tendência é aumentar essa demanda. A quarentena, seja ela branda ou severa, faz com que as pessoas se adaptem ao delivery.

Qual é a importância desse rastreamento para os entregadores?

“Para alguém que trabalha com delivery, a moto é o seu principal instrumento de trabalho e pertence ao trabalhador. Após o sinistro, a maior dor é a do prejuízo financeiro. E não é o único problema, pois seu trabalho não será mais uma certeza, pelo motivo de não contar mais com seu instrumento operacional”, relatou o Analista.

Realmente, estar preparado para enfrentar as ocorrências inesperadas faz a diferença, pois “esse é um cenário muito grave para esses trabalhadores, que dependem da motocicleta para levar o sustento ao lar”, Silvino analisa o contexto.

O que mudou na pandemia, em relação à segurança desses profissionais?

A pandemia nos tirou da zona de conforto e fez com que todos nós nos adaptássemos a uma nova realidade. Mesmo assim, “o setor de delivery, que já vinha crescendo no Brasil, teve um desenvolvimento exponencial durante a pandemia e o comportamento do consumidor deve se consolidar com esse segmento”, revelou o Analista de Marketing. 

Apesar de boas notícias no campo da economia com a expansão desse setor, não podemos ignorar que a sociedade está desestruturada. Sendo assim, “momentos de crise e pós-crise, como o atual, também geram aumento na criminalidade. Isso significa que o índice de crimes, como furto e roubo devem crescer”, analisou Silvino.

Quais são as formas que os motoristas têm para evitar o transtorno de furtos e roubos?

Infelizmente, temos que enfrentar toda essa situação. Porém, o mercado de rastreamento de veículos pode oferecer um alívio aos proprietários de moto. Assim, “o motociclista pode instalar um rastreador, que possua aplicativo para monitorar seu deslocamento e avisar ao condutor, caso sua moto for ligada, além de fazer o bloqueio remoto”, explicou Moreira. 

“Além disso, outras precauções podem ser tomadas: algumas medidas de segurança, que podem ser questões físicas, como travas e correntes, ou alguns mecanismos eletrônicos”, completou Silvino. Tudo isso são maneiras que ajudam a evitar os furtos e roubos.

Quais são os benefícios que o mercado de rastreamento dá aos entregadores?

rastreamento veicular é um serviço excelente, tanto para pessoa jurídica quanto física. Assim, os proprietários buscam no mercado de rastreamento de veículos o melhor sistema para contar com mais segurança do patrimônio. Já instituições de logística ou transporte operam muitas funções de telemetria avançada, que vão além das elaborações de rotas e cercas eletrônicas.

Por isso, separamos os quatro principais benefícios do sistema:

  1. localização eficaz, em caso de roubo;
  2. atendimento rápido e simples;
  3. otimização da logística;
  4. redução de custos.

Esse sistema não deve ser visto como um gasto, mas como investimento no seu negócio.

Quais são os diferencias que a Getrak disponibiliza no serviço prestado?

“A Getrak busca, incessantemente, formas de tornar o mundo um lugar mais seguro. Por isso, além do software 100% cloud para rastreamento e monitoramento completo, possuímos um aplicativo com bloqueio para o cliente final da central”, ressaltou o Analista.

O sistema da Getrak conta com “um painel de sinistro, no qual pode ser aberta uma ocorrência e o acompanhamento do sinistro, em tempo real. Nossa Central atende 24 horas durante toda a semana, além de rastreadores de primeira linha, conectividade em parceria com as principais operadoras”, completou Silvino.

Quais são as garantias que o rastreamento da Getrak oferece?

Além de ter um time pronto para te atender dia e noite, é necessário acessar à tecnologia de qualidade e que tenha a capacidade de cumprir aquilo que o seu cliente espera, oferecendo um excelente custo-benefício. Por essa razão, é primordial investir em um software de rastreamento que te ajude nessa tarefa. A Getrak te garante:

  • localização precisa;
  • sistema de alerta eficiente;
  • mapas atualizados;
  • relatórios precisos;
  • telemetria;
  • os melhores satélites.

Quais são os dados que mostram que o rastreamento é a solução ideal para ter segurança?

Segundo dados da matéria do G1 Minas Gerais, foi entrevistado um condutor de motocicleta e ele afirmou que foi vítima, por duas vezes, de roubo. Também existe um elevado número de furtos acontecendo todos os dias, principalmente em grandes centros urbanos.

Em Minas Gerais, foi registrado que 25% dos furtos estavam concentrados na capital, Belo Horizonte, enquanto os roubos tiveram um índice de 16%. Isso mostra que os números seguem elevadíssimos e o melhor ainda é se precaver.

Já o Jornal Folha do ABC mostra que, mesmo com a pandemia, aconteceram cerca de 1.000 roubos de motocicletas por mês, isso na Grande São Paulo. É um índice assustador e preocupante. Mesmo número se deu aos de furtos, entre março e agosto de 2020. É importante saber que, o Brasil é o 4º pior país entre 142 nações, na questão de segurança veicular.

A boa notícia é que grande parte das motos roubadas ou furtadas conseguem ser recuperadas. Nosso serviço da Getrak trabalha com um índice acima de 90% de recuperação.

De que forma a Getrak auxilia os entregadores em todo o processo, após o acionamento do rastreamento?

Essa é a parte mais interessante de todo processo, pois, mesmo tendo o serviço adquirido, nós sempre torcemos para que não precisemos dele. Mas, se precisarmos? “Se algo acontecer, o entregador pode acionar a Central onde fez a aquisição. Essa, por sua vez, aciona nosso atendimento 24 horas que tomará todas as medidas necessárias para localizar e recuperar o seu bem”, concluiu a entrevista o Analista de Marketing, Silvino Moreira.

Por fim, seu orçamento pode determinar qual dispositivo de rastreamento você poderá comprar. Portanto, no mercado de rastreamento de veículos existem diversos pacotes bem acessíveis, além de custos de assinatura mensal, anual ou trienal para monitorar sua motocicleta. Assim, a Getrak pode te ajudar na segurança de sua motocicleta, enquanto você oferece o melhor serviço delivery.

Gostou do artigo? Então, aproveite para conhecer também sobre os benefícios de investir em qualificação profissional com a Getrak Universidade!

Você sabe o que é área de sombra? Entenda como lidar com esse problema!

Para quem trabalha ou já trabalhou com rastreamento veicular, possivelmente já deve ter se deparado com uma área de sombra. Os profissionais precisam aprender a lidar com esse problema e encontrar alternativas seguras para manter o monitoramento, inclusive nessas regiões.

Se você está pensando em investir em rastreamento veicular para começar seu próprio negócio na área e quer aprender um pouco mais sobre os desafios do tema, continue a leitura e entenda o que é, como acontece e como lidar com a área de sombra, durante um trajeto.

O que é área de sombra?

As áreas de sombra são caracterizadas por regiões onde não há sinal de coberturas 2G ou 3G, o que pode dificultar ou impossibilitar o monitoramento dos veículos em determinadas áreas do percurso. Se você trabalha com rastreamento veicular, por exemplo, pode ser que já tenha enfrentado uma situação semelhante, onde o veículo perde contato com o software, por passar por uma região onde não há nenhum sinal que permita essa conexão.

Isso pode representar um problema, porque, quando os registros param de ser gravados por um período de tempo, é possível que acidentes, furtos e roubos aconteçam sem o monitoramento que estava sendo feito previamente. Apesar de isso ser comum, é necessário que os responsáveis pelo monitoramento sejam capazes de encontrar alternativas para driblar o problema, utilizando o sistema mosaico, por exemplo, para resolver essa situação.

A sugestão é de, sempre que possível, evitar essas regiões. No entanto, sabemos que existem situações onde não há outro caminho, e enfrentar a área de sombra é uma necessidade. Para isso, é imprescindível usar a tecnologia e aproveitar as melhores soluções do mercado para atuar com precisão, garantindo a segurança para seus clientes.

Como lidar com a área de sombra?

Uma das formas mais eficientes para lidar com esse problema é através do uso da tecnologia. Existem sistemas que permitem o registro de toda a movimentação do veículo, mesmo em regiões onde não há sinal 2G ou 3G. 

Nessa alternativa, os registros ficam armazenados no banco de dados, permitindo consulta posterior. Além disso, eles são repassados para as empresas de monitoramento no momento em que a conexão é retomada, garantindo que nenhuma informação seja perdida.

Essa alternativa é válida, não só nas áreas de sombra, mas em todo o processo. Ao usar um mecanismo capaz de registrar a movimentação do veículo, mesmo sem sinal, é possível garantir que, ainda que haja algum problema na ferramenta que conecta o veículo à central, os registros permanecerão salvos para consulta posterior, e serão disponibilizados assim que a conexão com a internet voltar.

Ter essas informações permite atuar, de forma efetiva, no dia a dia da empresa. Em caso de roubo, por exemplo, é possível comunicar à polícia, com mais precisão, todo o trajeto realizado, aumentando as chances de resolução do problema e a recuperação da carga.

O que causa a área de sombra?

A área de sombra é causada por diversas situações. Dentre as alternativas mais comuns, temos:

  • bloqueadores, comumente utilizados em grandes construções, como prédios e shoppings, atuando na barreira de sinal;
  • locais fechados, como galpões;
  • áreas remotas em rodovias ou em pequenas cidades no interior;
  • regiões onde há muitas montanhas;
  • locais que possuem poucas antenas responsáveis por distribuir os sinais 2G e 3G;
  • etc.

Apesar de não serem regiões muito amplas, são muito numerosas e bastante comuns no território brasileiro. Por isso, qualquer pessoa que se dispõe a trabalhar com rastreamento e monitoramento veicular precisa se precaver e entender o que causa, quais são as possíveis regiões e, claro, criar um plano de ação para evitar que os registros desses percursos se percam.

As causas da área de sombra podem variar, mas elas não são de responsabilidade das empresas de monitoramento ou dos motoristas dos veículos. Elas acontecem devido a fatores externos, o que exige que os profissionais que atuam no rastreamento consigam desenvolver alternativas eficientes para driblar cada uma delas.

Como evitar ter problemas com a área de sombra?

Felizmente, ao longo dos anos, a tecnologia avançou de tal maneira que hoje existem ferramentas capazes de auxiliar na verificação das áreas de sombra durante todo o trajeto. Se você estiver traçando uma rota, por exemplo, é possível identificar em quais momentos desse percurso o responsável pelo transporte passará por uma área de sombra.

Isso ajuda a, ou encontrar um novo caminho mais seguro e com menos áreas de sombra, ou identificar o motivo da área de sombra e usar a tecnologia adequada para resolver o problema.

Sistema mosaico

O Sistema Mosaico da Anatel é uma boa plataforma, bem acessível, mas não é única, também podem ser utilizados os mapas de calor das próprias operadoras ou aplicativo da Anatel que podem atuar diretamente nesse problema. Uma das funcionalidades disponíveis na ferramenta é de apresentar, por meio de uma consulta de sinal, quais são as regiões com maior ou menor intensidade de transmissão de redes 2G, 3G e 4G, em um mapa interativo. 

Isso permite que as empresas se preparem para esses percursos e saibam exatamente onde está o problema e quais são os trechos com menor cobertura. Será possível também realizar pesquisas sobre padrões em roubo de carga nas regiões, para identificar se existem grandes riscos nesse caminho ou se apenas uma ferramenta de registro pode ser suficiente para lidar com a situação.

Os desafios do rastreamento veicular são vários, e a área de sombra é um deles. Para quem atua nesse segmento e quer melhorar sua performance, é de extrema importância enxergar a tecnologia como sendo uma aliada, e usar todos os recursos existentes para aumentar a segurança e a eficiência do trabalho que está sendo prestado.

Hoje, felizmente, com o avanço da tecnologia e das soluções digitais, existem diversos tipos de ferramentas disponíveis no mercado que atuam diretamente no monitoramento dos veículos, permitindo que empresários da área dos mais diversos portes consigam oferecer um serviço de qualidade para seus clientes.

Sempre que possível, evite as áreas de sombra e estimule percursos por regiões com melhor conexão. Mas, quando não for possível, certifique-se de que todas as medidas de segurança e melhores práticas estão sendo executadas, durante todo o percurso.

Para aprender mais sobre o assunto e encontrar a melhor alternativa em rastreamento veicular, sugerimos a leitura do artigo sobre gestão de conectividade relacionada ao funcionamento do software da Getrak.

Entenda como funciona um sistema de rastreamento veicular aqui!

Hoje em dia, muitos profissionais têm buscado alternativas no mercado, seja para sair daquele ambiente rotineiro sem ver um futuro promissor, ou aqueles que estão desempregados e procuram uma fonte de renda rentável. Por isso, vamos falar sobre como funciona um sistema de rastreamento veicular

Com o empreendedorismo ganhando cada vez mais força, e em um cenário  que o sistema de rastreamento veicular é percebido como oportunidade de negócio, convidamos o Mateus, Representante Comercial da Getrak para nos explicar um pouco sobre esse segmento, que aumenta a cada dia. Confira!

Para que serve o rastreamento veicular?

As pessoas têm se preocupado cada vez mais com a segurança pessoal e de seus bens. Dessa forma, quando um cliente faz a aquisição de um sistema de rastreamento veicular, pode esperar que a procura pelo serviço estará superaquecida, sobretudo por conta do aumento da criminalidade em nosso país.

rastreamento veicular é um dispositivo de geolocalização instalado em veículos para indicar a trajetória e a localização. Isso pode ocorrer via satélite, por exemplo, como o famoso GPS (Sistema de Posicionamento Global).

Assim, é interessante entender, também, como funciona o sistema de rastreamento veicular, já que é essencial “para aumentar as chances de não perder o veículo, caso seja roubado ou furtado, além de oferecer recursos extras de gestão e telemetrias”, comentou Mateus, representante comercial da Getrak.

Leia também: 8 fatores que mostram que é hora de sair do emprego e empreender

Como funciona um sistema de rastreamento veicular?

Essencialmente, os sistemas de rastreamento veicular operam em um loop de GPS, GSM/GPRS, softwares especiais e mapas digitais. Essas ferramentas móveis de dados instaladas em automóveis enviam duas informações que recebem dos satélites.

Tudo isso, simultaneamente, quando o dado do satélite transmite sua posição em órbita no instante da transmissão — e envia informações telemétricas, como comunicação por meio da rede GSM/GPRS e temperatura para centros de controle.

Os dados apurados, como tal, são compactados com o auxílio de um sistema especial e armazenados em um banco de dados. Enquanto isso, o usuário pode ser rastreados em seus registros históricos e instantâneos, por meio de um tablet/smartphone, computador ou de um software que possibilita a visualização dos registros veicular.

Quais as características do sistema da Getrak?

O representante comercial citou, brevemente, as características do software oferecido aos clientes, para que possam iniciar o seu negócio dentro desse mercado que só tem crescido. “Ele é um sistema focado em rastreamento veicular completo, com ferramentas de automação ou busca, por relatório dos registros”.

Dessa forma, a sua central de rastreamento prestará um serviço de qualidade, atraindo ainda mais o seu público-alvo. Todos proprietários de veículos prezam pelo seu investimento e desejam mantê-lo ileso de furtos e roubos. Por isso, quanto mais informações e dados o software oferecer, maior a qualidade e a confiabilidade no seu sistema. Nisso, a Getrak é mestre na oferta.

Como o software de rastreamento da Getrak se diferencia dos demais?

Você pode reparar: sempre que for viajar, poderá encontrar uma nova rota no mesmo trajeto que já havia passado. Por isso, é importante contar com o Mapa Pago que a Getrak oferece no seu sistema. Nele, você terá sempre atualizações das modificações nas estradas, fazendo com que você não tenha uma surpresa durante o caminho e possa planejar a rota mais curta ou segura.

Já sobre o Painel de Sinistro, essa ferramenta deverá ser um grande diferencial contra a concorrência. Ela é a parte da comunicação entre a equipe e a Central. Os sinistros ficam registrados e um time de pronta resposta auxiliará no problema, trazendo a solução para aquele caso específico.

Enquanto o Protocolo de Segurança indica exatamente onde está localizado seu veículo, por meio da excelente estrutura de satélites que a Getrak disponibiliza para o melhor serviço entre as concorrentes.

Por que contratar um sistema de rastreamento veicular?

“Porque é somente por meio do sistema que é possível monitorar o veículo”, respondeu Mateus. As pessoas buscam muito o serviço, pois nosso país passa por um momento de insegurança pública, devido a diversos fatores. Assim, utilizar nossos rastreadores de veículos em carros, vans e caminhões para locadoras e empresas de leasing é uma ótima maneira de proporcionar tranquilidade e também de gerenciar uma grande frota.

A instalação de nosso premiado rastreamento para locação de veículos pode ter vários benefícios comerciais, incluindo: melhoria da segurança do motorista, lembretes para manutenção, regulação e dever de cuidar dos veículos, além de proteção do valor residual dos veículos.

Contratar um sistema veicular terceirizado pode ser mais barato do que montar um próprio?

Buscar um serviço terceirizado  de monitoramento pode ser uma boa opção para aqueles que desejam iniciar sua trajetória no mercado. Com essa escolha você terá um modelo pronto para trabalhar, o seu serviço será padronizado com a matriz, poderá aproveitar a vantagem competitiva de mercado, menor investimento na divulgação, os treinamentos serão dados pela franquia e o lucro é mais rápido.

Já quem deseja montar uma central, isso pode ser desafiador. Porém, as maiores recompensas esperam gestores com capacidade para iniciar pequenas empresas de sucesso — vantagens que você pode deixar de ganhar, caso continue a ser um colaborador para o resto de sua vida. No entanto, a decisão é apenas sua, pois você deve estar pronto para abandonar sua rotina e desbravar seu próprio negócio.

Então, vejamos abaixo algumas das gratificações ao escolher montar seu próprio sistema:

  • maior autonomia;
  • mais flexibilidade;
  • escalabilidade maior;
  • identidade própria;
  • possibilidade de expansão.

Agora, basta saber qual é aquele que seu perfil se adapta melhor e quais suas ambições de mercado.

Qual o alcance do sistema de rastreamento da Getrak?

Nosso sistema de rastreamento veicular tem um alcance para todo o território brasileiro, onde trabalhamos com satélites de alta qualidade e nossa cobertura é a melhor do mercado. Dessa forma, você pode realizar esse ótimo investimento em nosso sistema de rastreamento veicular, estando em qualquer parte do Brasil.

Quando algum problema acontecer, quem devo acionar?

É oferecido total suporte e disponível 24 horas por semana para nossos clientes. Para compreender facilmente a forma que funciona, considere que uma pessoa passou por um problema com seu veículo e contatou a sua empresa.

Diante disso, você pode iniciar a procura pela solução no FAQ — uma plataforma com questionário e respostas úteis. Caso, mesmo assim, não encontre, entre em contato diretamente com a Getrak, por meio de diversos canais, como e-mail, chat interno na plataforma e telefone.

Essa ação cria um ticket de atendimento e atribui à sua solicitação. A empresa se compromete a responder em, no máximo, uma hora, procurando solucionar seu problema apresentado, da melhor maneira. Por último, você ou o seu cliente poderão dar um feedback em relação à agilidade e qualidade do atendimento, de modo a nos ajudar a aprimorar, constantemente.

Como é conduzido o processo de recuperação dos veículos, em caso de algum roubo?

Em casos de surtos ou roubos, é necessário realizar a coleta dos dados do seu cliente — é fundamental ser operacional 100% do tempo. Dessa forma, a central não retarda as informações e obtém os dados da ferramenta sem falhas, tudo feito simultaneamente.

Já Mateus enfatiza que, pode ser “do usuário ou da central, com envio para polícia, de informações sobre localização, mapa, ou qualquer outro dado”. O importante é que esses dados se “conversem” e haja a recuperação do veículo.

O rastreamento também é feito internacionalmente?

Alguns testes de monitoramento foram executados e indicaram que a rede de dados tem operado, no momento, com uma taxa de cobertura em todo o planeta, com excelente eficácia superiores a 99%.

Por fim, fica explícito que o sistema de rastreamento veicular da Getrak é a melhor opção do mercado — seja para comprar o serviço ou para montar sua própria central. Existe uma grande agilidade na recuperação dos veículos e também na geração de relatórios completos para alinhar sua empresa com as necessidades do cliente.

Gostou do conteúdo? Então, não espere mais! Entre em contato conosco e tire todas as suas dúvidas para tomar a melhor decisão!

Como se tornar uma das melhores empresas de rastreamento de veículos?

A ampliação da frota circulante de veículos e o crescente número de furtos e roubos de automotores indicam uma ótima oportunidade para as pessoas que desejam ingressar no mercado de rastreamento veicular. Pensando nisso, preparamos para você um artigo com as principais dicas para se tornar a melhor empresa de rastreamento veicular.

Quer saber mais sobre o assunto? Continue a leitura e descubra, a seguir!

Por que investir no mercado de rastreamento veicular?

Existem bons motivos para investir no setor de rastreamento veicular e realizar o sonho de abrir o próprio negócio. Segundo o último relatório elaborado pelo Sindipeças, em 2018, a frota de autoveículos brasileira registrou um aumento de 1,9%, em comparação ao ano anterior.

Os números revelam um cenário otimista. Estima-se que, em 2020, o crescimento alcançará a marca de 2,6%. Isso significa que, anualmente, milhões de novos veículos começam a circular pelas vias do país.

Segundo o mesmo relatório, o Brasil tem uma frota circulante de 45.849.292 autoveículos (automóveis, caminhões, ônibus, comerciais leves) e cerca de 13.047.862 motocicletas. Não para por aí! José Luiz, diretor executivo da empresa JRA Autotracker, aponta que o mercado de rastreamento automotivo está se expandindo, já que atualmente apenas 5% da frota são rastreados.

Necessidade de uma estrutura simples

Uma das vantagens mais interessantes de investir em uma empresa de rastreamento veicular é a possibilidade de construir o seu negócio com uma estrutura simples. Para começar, é necessário:

  • ter um endereço fixo;
  • um computador de qualidade;
  • acesso à internet.

Garantindo esses pontos básicos, é possível dar sequência à criação da empresa. Essa central pode ser montada, por exemplo, em uma sala simples, ou até em trabalho remoto, reduzindo ainda mais os custos do negócio.

Investimento inicial relativamente baixo

Se você está pensando em começar uma empresa de rastreamento veicular, certamente, já pesquisou sobre os custos de investimento inicial. Uma das vantagens desse mercado é que ele é relativamente baixo, uma vez que são necessários apenas equipamentos simples.

Se você não pretende desenvolver seu próprio sistema de monitoramento, não há problema. É possível terceirizar a plataforma e aproveitar as funcionalidades das soluções dos grandes nomes do mercado na sua própria empresa.

No início, não é necessário contratar um funcionário, mas é preciso que você se prepare e realize um treinamento para instalar corretamente o dispositivo nos veículos.

Público amplo

O público para o mercado de rastreamento de veículos é abrangente, e pode atender desde a pequenas empresas que tenham frota para prestação de serviços, até o cidadão comum, que deseje proteger e assegurar seu veículo.

Infelizmente, há um aumento de roubo de carros no Brasil, que causa insegurança entre os cidadãos do país. Com isso, o mercado acaba se aquecendo: aumenta a busca por opções de segurança e rastreamento, dando a essas empresas a chance de aumentar a sua carteira de clientes.

Boa rentabilidade

Quando pensamos na prestação de serviços das empresas de rastreamento de veículos, precisamos nos lembrar que, comumente, ela trabalha com cobrança mensal. Isso significa que existe uma receita recorrente para os empreendedores.

Dessa forma, é comum que, em poucos meses, já seja possível recuperar o valor investido na aquisição de clientes e, a partir daí, aumentar os lucros. Ainda existe a possibilidade de escalar esse tipo de negócio.

Devido à tecnologia disponível no mercado e à simplicidade da estrutura necessária, podemos dizer que o gasto para monitorar um carro ou 20 carros é o mesmo para a empresa. Isso significa que, quanto mais clientes você tiver, e quanto maior for a frota gerenciada por cada cliente, maior será a sua rentabilidade.

Mercado estável, inclusive em tempos de crise

Mesmo nos períodos em que a crise econômica é evidente, o mercado de rastreamento veicular continua sendo necessário. Afinal, oferece serviços que vão ajudar os clientes a assegurar seu patrimônio.

Além disso, existe uma economia que pode ser vantajosa para os clientes e fazê-los investir, mesmo em tempos de crise, em soluções de rastreamento veicular: ao contratar um seguro, o veículo que tem o dispositivo costuma ter um bom desconto.

A estabilidade do mercado é um fator que transforma o investimento em empresa de rastreamento de veículos em uma boa opção para quem quer empreender e crescer.

Flexibilidade para trabalhar em casa

Outra vantagem de atuar no ramo de rastreamento de veículos é a possibilidade de trabalhar em casa. Como dito anteriormente, a estrutura necessária para prestar esse serviço é simples, e não há necessidade de visitas constantes dos clientes.

Por isso, essa é uma excelente opção para quem deseja conciliar a rotina de casa com o trabalho e quer ter mais flexibilidade. Além da qualidade de vida que o trabalho remoto pode trazer, também é possível economizar uma boa quantia todos os meses, sem a necessidade do aluguel de salas e uma infraestrutura maior.

Como se tornar uma das melhores empresas de rastreamento de veículos?

Para garantir o sucesso e se tornar uma das melhores empresas de rastreamento de veículos, é fundamental criar diferenciais competitivos e oferecer serviços de qualidade máxima. Confira as dicas da JRA Autotracker, empresa de Peruíbe (São Paulo), parceira da Getrak.

Ela atua no setor desde 2014 e é responsável pelo rastreamento de mais de 520 veículos em São Paulo, Rio de Janeiro e Bahia.

Faça um bom planejamento

Não basta saber que o mercado é favorável e dispor do capital necessário à abertura do empreendimento. Construir uma das melhores empresas de rastreamento de veículos requer muito planejamento.

Ou seja, é preciso colocar todos os números na ponta do lápis, analisar a concorrência e oferecer as soluções mais adequadas aos consumidores. Para isso, verifique quais são os investimentos necessários, principalmente em:

  • estrutura e localização da empresa;
  • equipamentos e softwares;
  • contratação de mão de obra;
  • treinamento da equipe;
  • documentação;
  • custos fixos e variáveis;
  • payback (Prazo de Retorno de Investimento).

Aposte no tripé: qualidade, respeito ao cliente e pós-venda

José Luiz destaca que, para estar entre as melhores empresas de rastreamento de veículos, é fundamental observar três aspectos: qualidade, pós-venda e respeito ao cliente. O primeiro está relacionado ao equipamento e ao sistema utilizado (incluindo o software).

Portanto, o passo inicial é buscar no mercado uma empresa diferenciada e encontrar bons parceiros e fornecedores. No que se refere ao pós-venda e respeito ao cliente, o executivo ressalta que é preciso se manter acessível ao contratante e atendê-lo com eficiência, segurança e tranquilidade.

Geralmente, ao contatar a empresa, o cliente está fragilizado, já que está na rua e vivenciando uma situação de furto ou roubo. Nesse cenário, a equipe técnica deve acalmá-lo, transmitir segurança, ter clareza dos procedimentos e buscar o melhor desfecho possível, ou seja, encontrar o automóvel e garantir a integridade do proprietário.

Isso significa não orientar o cliente a se dirigir ao local do veículo, mas atuar em conjunto com a polícia, transmitindo as informações necessárias à redução dos danos e à recuperação do bem.

Escolha corretamente o sistema

O software é uma das principais ferramentas de rastreamento. Por isso, é preciso ir além da disponibilização de dados relacionados à localização dos veículos e avaliar tudo o que ele oferece. Os trajetos e registros devem ser atualizados. Também é essencial que os comandos tenham boas funcionalidades.

José Luiz esclarece que, para ter segurança na aquisição da plataforma, é indispensável testá-la (de uma semana a 15 dias), já que, após a compra do software, a fornecedora se torna a principal parceira da empresa de rastreamento. A qualidade deve estar em primeiro lugar, pois a queda de desempenho do sistema pode ser um grande transtorno.

Migrar os veículos para outra central é complicado e dispendioso. Devido à impossibilidade de realizar a mudança via SMS, será necessário ir a campo. Logo, antes de fechar a contratação, recomenda-se avaliar o suporte oferecido. O ideal é que a parceria seja duradoura, como o caso da JRA Autotracker, que trabalha com a Getrak desde 2014. 

Ofereça os melhores serviços do mercado

Alguns veículos saem da fábrica com o rastreador. Entretanto, isso não representa a restrição desse nicho. Comumente, os sistemas utilizados pelas montadoras são menos eficientes, quando comparados aos convencionais — sobretudo, no que diz respeito à precisão e à disponibilidade de trajetos.

Entretanto, o sistema da Getrak adotado pela JRA Autotracker, por exemplo, conta com certa eletrônica, telemetria de ignição ligada via aplicativo e acompanhamento da frota. Por outro lado, algumas montadoras disponibilizam softwares que permitem iniciar conversas por voz com o operador por meio do sistema de rastreamento.

Nesse caso, um botão no painel do carro conecta-se diretamente com a central. Vale lembrar que tanto os equipamentos de rastreamento instalados na fábrica quanto os convencionais possibilitam o acompanhamento online de posição, minuto a minuto.

Capacite a sua equipe 

Não há como ser uma das melhores empresas de rastreamento de veículos sem manter os funcionários preparados e oferecer orientações corretas aos clientes. Além disso, as transformações do mercado devem ser acompanhadas para que as tecnologias sejam embarcadas.

Uma boa maneira de fazer isso é participar com frequência das convenções, feiras e palestras, além de ficar de olho nas novidades.

Invista em inovação

Para se tornar a melhor empresa de rastreamento veicular, é necessário investir em tecnologia e inovação. Sem dúvidas, a transformação digital chegou para todos os negócios, e no ramo do rastreamento de veículos não é diferente.

Acompanhe todas as tendências do mercado, novidades, ferramentas e funcionalidades. Veja como essas plataformas poderão ajudar você a melhorar a qualidade do serviço que está sendo prestado.

Aqui, é importante pontuar que, ao escolher a ferramenta que será usada na sua empresa, é preciso considerar o histórico do parceiro. Avalie se existem atualizações frequentes, como é a resolução de problemas, como é a busca por novas soluções etc. Tudo isso influencia diretamente a sua rotina de trabalho, o serviço prestado e a satisfação dos clientes.

Ofereça um clima organizacional favorável para os funcionários

O negócio cresceu e chegou a hora de contratar funcionários? Os cuidados com o clima organizacional são extremamente necessários.

Uma empresa de sucesso precisa oferecer para seus colaboradores uma atuação ativa não só no crescimento profissional dessas pessoas, mas na qualidade de vida no ambiente de trabalho. Por isso, é importante que a empresa tenha bem definidos quais são seus objetivos, metas e valores — e deixe isso claro.

Além disso, é necessário criar um ambiente aberto, onde os funcionários tenham tranquilidade para conversar com seus superiores sobre possíveis problemas, dúvidas e dificuldades no dia a dia.

Invista em branding

Para se tornar a melhor empresa de rastreamento veicular, o investimento em branding e comunicação precisa ser bem feito. Nesse momento, é preciso que você se posicione no mercado e consiga valorizar a sua imagem junto ao público diariamente.

Trabalhe estratégias de comunicação que envolvam:

  • construção de uma identidade para a sua empresa;
  • comunicação que reforce os benefícios do seu negócio e seus diferenciais competitivos;
  • marketing que atue de forma direta e eficiente junto aos seus possíveis clientes.

Para isso, é importante que você conheça o seu público e entenda quais são seus maiores desafios e o que eles esperam de uma empresa de rastreamento veicular. Crie ações de comunicação voltadas para a criação de autoridade no mercado, posicionando a sua empresa como a melhor solução em rastreamento de veículos disponível naquela região.

O investimento em marketing é fundamental não só para atrair novos clientes, mas também, para manter e fidelizar os clientes atuais. Lembre-se de realizar campanhas para essas duas finalidades.

Por que a Getrak é uma parceira indispensável?

Devido à qualidade dos equipamentos e sistemas, a Getrak se tornou parceira das melhores empresas de rastreamento de veículos. Para aqueles que desejam abrir um empreendimento, a empresa oferece as melhores soluções. Confira alguns dos serviços oferecidos:

  • soluções personalizadas e adequação da plataforma ao modelo de negócio;
  • valor de investimento acessível e condições de pagamento facilitadas;
  • alta conectividade;
  • treinamento da equipe parceira;
  • desburocratização e celeridade na montagem da central;
  • rede de suporte qualificada e eficiente.

Investir no mercado de rastreamento é uma ótima opção, não é mesmo? Agora, basta firmar uma parceria com a Getrak, elaborar alguns diferenciais competitivos e seguir as dicas de planejamento, qualidade, capacitação e escolha do sistema para alcançar o sucesso com o seu novo negócio.

Para se tornar a melhor empresa de rastreamento veicular, é necessário ter atenção aos detalhes que citamos ao longo do conteúdo. Assim, poderá atuar ativamente no crescimento do seu negócio.

Que tal se tornar parceiro da Getrak? Entre em contato e conheça nossas soluções!

5 técnicas de vendas para adotar em sua empresa de rastreamento veicular

Você não consegue atingir as metas de vendas como desejava ou sente insegurança ao investir em negócios que podem ser pouco rentáveis, como o rastreamento veicular? Aprender mais sobre técnicas de vendas pode ser a solução que faltava.

Afinal de contas, esse tipo de empreendimento registrou alta de 25,2%, de acordo com dados da Anfae, tornando o mercado favorável, desde que os envolvidos conheçam técnicas de vendas — construídas a partir de pesquisas e estudos — e saibam utilizá-las, com eficiência.

Isso porque é comum que empreendedores e/ou vendedores atribuam as vendas a algo intuitivo e feito no improviso. Parte disso é verdade, mas os hábitos comportamentais e de consumo estão sempre se atualizando, da mesma forma que a equipe comercial ganha mais quando está bem treinada.

Percebeu a importância de investir em técnicas de vendas para potencializar os resultados da sua empresa de rastreamento veicular? Continue a leitura e saiba como fazer isso!

Técnicas de vendas

Conforme mencionado, as técnicas de vendas são procedimentos testados, por meio de pesquisas e estudos, para auxiliar na captação de clientes, negociação, pós-vendas etc. Confira abaixo as principais delas!

1. Conhecer bem o cliente

O cliente ideal do seu negócio procura um rastreamento veicular, buscando uma maior segurança para a família, ou ele nem, sequer, tem filhos? Ao responder perguntas como essas, é possível atender as necessidades e desejos específicos do seu público, o que torna a abordagem e, consequentemente, o resultado, mais eficientes.

Em outras palavras, quando você conhece bem o público com que se comunica, pode focar nas principais características e vantagens do serviço oferecido, com base no que ele busca. Por exemplo, se ele tem condições socioeconômicas mais baixas, é possível que procure pelo melhor custo-benefício — e é nisso que você precisa focar para ganhar mais confiança.

2. Foque sempre no benefício

Como foi dito, quando você conhece bem o cliente, entende suas dores específicas com maior facilidade. Isso ajuda na abordagem, que pode oferecer benefícios do serviço para solucionar tais dores e trazer informações de valor. Ou seja, existem clientes interessados no rastreamento veicular para proteger seu bem material e corporações que buscam por esse tipo de serviço, para além da segurança e outros fatores, como potencializar o desempenho do motorista, fazer o controle de velocidade etc. Alguns valores do benefício são:

  • economia;
  • proteção;
  • minimização de riscos, custos e problemas;
  • aumento do lucro;
  • atração e retenção de clientes;

Descubra qual é o problema específico e foque nos benefícios para solucionar isso — o que pode ser alcançado com ajuda de pesquisas sobre o assunto, dados, depoimentos de outras etc. Afinal, tudo o que possa ser relevante para o seu cliente.

3. Aprenda a lidar com as objeções do cliente

Objeção é quando o cliente apresenta um argumento para contestar o serviço oferecido, como não caber no orçamento, o que é diferente de rejeitar sem motivo algum. Quando a primeira situação ocorre, é necessário pensar em como sua empresa pode solucionar o problema apresentando.

Algumas sugestões são avaliar o que pode ser oferecido no serviço, como um melhor custo/benefício, formas de pagamento mais vantajosas, opções de parcelamento, começar a pagar depois de determinada data etc.

O que não pode ser feito é tentar impor ao cliente que ele está incorreto, opor-se à sua opinião ou interrompê-lo, durante a fala. Afinal, é justamente ao prestar atenção no que foi dito que se pode contornar as objeções, já que, em muitos casos, o consumidor não consegue explicar exatamente porque ainda não se convenceu da compra.

4. Lide com o cliente com base no funil de vendas

O funil de vendas é um modelo que divide a jornada de compras em topo, meio e fundo. Veja abaixo como isso funciona.

  • Topo: é quando o consumidor precisa ser atraído para, posteriormente, reconhecer um problema.
  • Meio: o consumidor passa a reconhecer seu problema/necessidade e busca as soluções.
  • Fundo: é a fase final, em que você precisa mostrar ao consumidor que é o parceiro certo para as soluções buscadas e fazê-lo comprar.

Quando uma empresa realiza esse tipo de divisão, fica mais fácil se comunicar, de forma mais eficiente, respeitando a etapa em que o cliente se encontra para conseguir levá-lo ou ter sucesso na fase final. Para isso, contar com uma gestão de relacionamento é essencial.

Além de organizar as etapas do funil, uma gestão de relacionamento também contribui na administração e no acompanhamento de cada oportunidade de negócio, como o desempenho da equipe, a necessidade de correções e treinamentos etc.

5. Não ignore as vendas on-line

Considerar as vendas on-line é uma necessidade, já há um tempo e, principalmente, depois do surgimento da pandemia do coronavírus, isso só se intensificou. Assim, é necessário garantir que a equipe do seu negócio esteja por dentro das técnicas de vendas do mundo digital, que são mais específicas do que as realizadas presencialmente e por telefone, por exemplo.

Oferecer diferentes canais de contato é uma forma de conseguir isso, já que, normalmente, as vendas on-line são preferíveis pela conveniência que oferecem: o cliente pode estar em casa, interagindo com outras pessoas no Instagram, e encontrar o perfil da sua marca — seja pela promoção da postagem, sugestões de pesquisa ou compartilhamento por algum seguidor.

Seja como for, garanta que o seu cliente tenha a conveniência buscada, devido à presença da sua empresa em diferentes canais, além de expandir o atendimento e suas diferentes formas — áudio, videochamada, mensagem de texto, uso de emojis etc. — para todos os meios de contato também.

Além disso, também é fundamental ficar por dentro dos assuntos mais comentados, atualmente — a chamada ‘’viralização’’ na internet, para atrair mais tráfego dentro da sua plataforma digital, o que pode ser uma notícia ou meme, desde que tenha relação e se comunique com a linguagem do seu público.

Percebeu como existem inúmeras técnicas de vendas e quanto mais você ficar por dentro delas, maiores as chances de sucesso na empresa de rastreamento veicular? Elas são fundamentais, tanto para atrair quanto reter clientes, e até se diferenciar da concorrência, que pode ignorar a importância desse conhecimento.

Gostou do post? Então, assina nossa newsletter e receba nossas atualizações de conteúdo!

Veja 5 incríveis vantagens do rastreamento veicular para usar na venda!

O desenvolvimento da tecnologia tem trazido inovações e benefícios para todos os setores da economia. Com os transportes, isso não é diferente. Os rastreadores, apesar de não serem uma novidade dos últimos anos, estão cada vez mais sofisticados e eficientes.

O rastreador veicular é um dispositivo que pode ser usado em motos, carros, caminhões, ônibus etc. A utilização desse equipamento é muito interessante para empresas que trabalham com frotas, mas também vantajosa para o consumidor final, que quer deixar o seu veículo mais protegido.

Com um público bem abrangente, fica fácil vender esse tipo de produto e, para tornar o processo ainda mais fácil, você deve ressaltar todas as vantagens do rastreamento veicular na hora da negociação. A seguir, confira uma lista com as principais!

As principais vantagens do rastreamento veicular

O rastreador veicular é um dispositivo de geolocalização que funciona com a tecnologia GPS. Esse tipo de equipamento é muito requisitado por pessoas físicas e jurídicas, por trazer diversos benefícios para quem o utiliza. Conheça agora as principais vantagens do rastreamento veicular!

1. Diminuir o valor do seguro

O seguro de um veículo não é um serviço que tem valor fixo. A taxa referente ao contrato é definida com base em uma série de fatores, como o perfil pessoal do cliente (idade e gênero, por exemplo) e os riscos de sinistros. O índice de roubo do modelo em questão e a localidade por onde o veículo vai circular são alguns dos principais pontos dessa análise.

O roubo de veículos é uma grande preocupação para as seguradoras porque, quando não são rastreados, é difícil recuperá-los quando são roubados. Assim, como consta no contrato, o seguro precisa restituir o proprietário com o valor de mercado do bem roubado. Essa restituição pode ser muito significativa, em relação às contas da empresa, por isso, é do interesse da seguradora que o veículo seja encontrado depois desse tipo de ocorrência.

Como o veículo rastreado tem muito mais chances de ser encontrado, a empresa contratada entende que a possibilidade de precisar restituir o contratante com o valor total do veículo é menor e, assim, o valor do contrato diminui.

2. Aumentar as chances de recuperação, em caso de roubo

Como já falamos acima, uma das grandes vantagens do rastreamento veicular é o alto índice de recuperação em casos de roubo. Isso acontece porque o proprietário consegue acompanhar a movimentação do bem, por meio do sistema do rastreador. Essa ferramenta pode ser acessada em qualquer dispositivo — basta fazer o login e utilizar a sua senha.

As taxas de recuperação de veículos roubados é surpreendente, quando o bem está equipado com o rastreador, podendo chegar a 98%. Com esse dado, você pode tranquilizar o seu cliente em relação às situações de assalto ou furto. Afinal, as chances de que o bem seja devolvido são muito grandes.

Outra vantagem do rastreamento veicular é que o dispositivo é muito discreto — fica invisível, tanto para o dono quanto para o ladrão. Assim, depois do roubo, o contraventor não saberá que o veículo é rastreado, ou seja, não pensará em descartar o dispositivo para que ele não seja encontrado.

3. Contar com assistência 24 h

Muitas empresas de rastreamento veicular também oferecem outros serviços agregados ao contratante. O principal deles é a assistência 24 h, em situações de emergência, e não só nos casos de furtos ou roubos. Esse suporte é muito útil e pode ser requisitado em caso de problemas mecânicos, falta de combustível e pane elétrica. Se isso acontecer, o contratante conta com o apoio de uma equipe profissional ou, se for o caso, com o serviço de guincho.

4. Disponibilizar um baixo investimento

Adquirir um rastreador veicular custa muito menos do que fazer um seguro. Geralmente, o serviço é cobrado mensalmente, com taxas que custam menos de R$ 100, em média. Assim, os proprietários de veículos individuais e de frotas, principalmente, não precisam desembolsar altos valores para manter os seus bens protegidos.

Mais uma vantagem do rastreamento veicular é que o valor a ser pago depende exclusivamente do veículo. Ou seja, diferentemente do seguro, o cliente não passa por uma análise de perfil, para que a taxa a ser paga seja definida com base em informações pessoais.

5. Permitir monitoramento em tempo real

O rastreador permite que o proprietário do veículo monitore a sua frota em tempo real, por meio de um aplicativo de celular. Além da localização, a ferramenta também transmite outros dados, como a velocidade. Essas informações permitem que o contratante acompanhe o desempenho dos veículos, otimize os trajetos e observe, prontamente, quaisquer irregulares. Isso possibilita que ele tome providências, de forma mais rápida, caso seja necessário.

Essa é uma grande vantagem para quem trabalha com serviço de transporte. Com tantas informações importantes disponíveis no aplicativo, o gestor consegue avaliar o desempenho dos motoristas e acompanhar os trajetos, além de coletar dados para uma tomada de decisão mais acertada.

Os diferenciais do sistema da Getrak

A Getrak é uma empresa que oferece soluções inteligentes de rastreamento e é responsável pela maior base de veículos rastreados da América Latina. A empresa tem mais de 750 mil veículos cadastrados mais de 1000 centrais de rastreamento, o que corresponde a 19 bilhões de transações de bancos de dados.

O sistema Getrak é operado 100% na web, com hospedagem nos servidores da AWS. Quem trabalha com esse produto pode vender o sistema com a identidade da sua empresa e contar com uma equipe de suporte 24 h, além de ter acesso a relatórios gerenciais de frotas e logística integrada.

Assim, você não precisa se preocupar com compra e manutenção de infraestrutura de servidores, backup e segurança de dados, contratação de mapas e profissionais de tecnologia. A ideia é que você se dedique apenas a captar clientes e oferecê-los as melhores soluções para o rastreamento veicular e o monitoramento das frotas.

Agora que você já conhece as vantagens do rastreamento veicular, que tal começar a montar a sua própria central e desenvolver técnicas para a venda desse produto? Entre em contato conosco e saiba como podemos ajudar você a começar o seu próprio negócio na área de rastreamento de veículos!

Você está pronto para abrir sua própria central rastreamento? Entenda!

A crise que o Brasil atravessa tem mudado a rotina de muitas pessoas, as suas perspectivas para o futuro e as prioridades. Nesse cenário, quem já tinha vontade de ter o seu próprio negócio para receber melhor retorno financeiro e ganhar qualidade de vida começou a colocar esse plano em prática.

O mercado de rastreamento online é promissor. Além de trabalhar com um produto tecnológico que oferece segurança aos clientes, ele permite que o empreendedor trabalhe de casa e usufrua de todos os benefícios do home office.

Se você está considerando abrir sua própria central de rastreamento, mas ainda tem algumas dúvidas sobre o mercado e o negócio, não se preocupe. Neste artigo, vamos responder às perguntas mais frequentes dos empreendedores, explicando como funciona o setor, mostrando o que você precisa para dar os primeiros passos e como escolher o parceiro ideal para essa empreitada. Boa leitura!

Como funciona o mercado de rastreamento?

A primeira coisa que você deve ter pensado depois da ideia de abrir a sua própria central de rastreamento é se existe demanda para esse serviço no mercado. A resposta é sim. O setor de rastreamento tem um universo de 80 milhões de possíveis clientes, incluindo caminhões, carros e motos. Desses, apenas 4% consomem esse tipo de serviço.

Isso quer dizer que o mercado ainda está sendo pouco explorado, o que pode ser uma chance de ocupar um espaço de destaque e conseguir um bom market share. O tipo de serviço oferecido pela central de rastreamento também contribui para a sua valorização.

Cada vez mais, empresários e motoristas se preocupam com a sua segurança. Afinal, os números relativos a roubos de veículo não tranquilizam ninguém.

Quanto vai ser o investimento inicial?

O investimento inicial para abrir a sua própria central de rastreamento é consideravelmente baixo, em relação ao montante necessário. O valor, no entanto, depende de alguns fatores. O importante é que você tenha em mente que os seus primeiros investimentos serão relativos ao custo fixo e à compra do hardware.

O custo fixo varia por região de atuação e o hardware, de acordo com a quantidade a ser comprada. Os demais custos do negócio são diluídos nas despesas mensais da empresa.

Precisa de uma grande estrutura para começar?

Não é necessário investir em uma grande estrutura para abrir a sua própria central de rastreamento. Inicialmente, tudo o que você precisa é de um endereço fixo e um computador com acesso à internet.

Existe, ainda, a possibilidade de você terceirizar a sua central 24 horas por dia, em todos os dias da semana, por um preço atrativo. Isso evita a necessidade de assumir um passivo trabalhista nos turnos noturnos e diurnos.

Software

Em primeiro lugar, você precisa de um software de rastreamento personalizado com a marca da sua empresa. Para quem não é especialista, uma interface amigável ajuda muito a operar o software. A facilidade dessa experiência é um ponto fundamental nesse sentido, pois influencia diretamente a satisfação do usuário. É nesta plataforma que os rastreadores vão comunicar e seus clientes vão acessar as informações de rastreamento, relatórios, telemetrias, controle de motoristas e muito mais

Rastreadores

Uma central também precisa, claro, de rastreadores. Você pode comprá-los com um fornecedor ou diretamente com o fabricante. Vale ressaltar que temos condições especiais por meio de alguns parceiros. Como a Getrak é a maior empresa do mercado, as condições de compra de equipamentos para clientes são altamente diferenciadas.

Chips

Adquira chips para a comunicação dos rastreadores. Eles são instalados nos rastreadores e integrados ao sistema. Nossa equipe está orientada a oferecer o chip mais adequado à sua operação, analisando a cobertura na sua região, ajudando-o a definir a operadora e o plano de dados. Receba os chips na sua empresa em até 48 horas.

Quanto posso lucrar?

O seu faturamento mensal vai depender da quantidade de clientes em cada período. Entretanto, o lucro líquido pode chegar a 30% com um equipamento de qualidade, chip de boa cobertura, instalação adequada — você também deve estipular duas coisas importantes para seus futuros clientes valores de mensalidade e adesão. E claro o parceiro ideal para o negócio : A Getrak é uma ótima opção e vamos falar sobre isso mais à frente.

O que é a maternidade?

Você está começando o seu negócio e ainda não tem experiência nesse segmento? Na Getrak, os novos parceiros recebem todo o suporte de que precisam para se familiarizar com o mercado. Chamamos de maternidade a nossa incubadora de centrais iniciantes. Nela, você vai ter contato com profissionais qualificados que podem contribuir com o dia a dia da sua central. Ela só vai deixar de ser considerada iniciante depois que atingir o nível desejado de conhecimento e que alguns veículos já estejam sendo rastreados.

Como escolher um parceiro?

Um dos principais fatores que podem definir o sucesso da sua central é o parceiro escolhido. Para tomar essa decisão com segurança, existem alguns pontos que você deve considerar para escolher o melhor software de rastreamento. Confira!

Atendimento

O primeiro passo para escolher o parceiro para a abrir a sua própria central de rastreamento é procurar uma empresa que ofereça um bom atendimento. Ela deve estar disponível para fazê-lo sempre que for necessário.

Isso porque você e o seu cliente pode passar por dificuldades, que devem ser resolvidas com eficiência. A melhor forma de fazer isso é buscar o apoio da empresa que desenvolveu o programa.

Suporte técnico

Além do atendimento, o suporte também é muito importante. Algumas funcionalidades do sistema de rastreamento veicular só podem ser acessadas por técnico. Por isso, a empresa deve fornecer esse suporte aos parceiros.

Qual o valor que posso cobrar dos meus clientes?

Vai depender dos serviços oferecidos por sua central, quanto mais diferenciais mais valor seu serviço terá aos olhos do consumidor. Alguns valores são a média de mercado como carros de passeio e moto de R$49,90 a R$79,90; caminhões, ônibus e vans de R$ 89,90 a R$ 169,90 mais a adesão que pode variar: entre R$100 e R$250

Emissão de relatórios

Outro ponto essencial é a emissão de relatórios pelo sistema. Esses documentos são importantes para conferências e mensuração dos resultados do negócio do seu cliente.

Os relatórios devem conter dados como o deslocamento do veículo, as paradas que realizou, o tempo gasto no percurso e em cada uma das paradas, a rota, a velocidade e os últimos registros.

O que é preciso analisar antes de abrir a minha própria central de rastreamento?

Abrir a sua própria central de rastreamento é o início de uma nova jornada. Como empreendedor, você terá melhores retornos, mas também, mais responsabilidades. Por isso, antes de dar os primeiros passos, é importante você estar certo de que essa é a melhor decisão.

Também é essencial analisar o seu orçamento. Um bom empresário precisa ter o total controle sobre suas finanças e tomar decisões com base em dados. Por isso, não deixe de fazer contas e manter o equilíbrio nesse setor.

É necessário estudar o mercado. Essa é melhor forma de tornar o seu negócio competitivo. Para isso, observe a concorrência, leia sobre o assunto, converse com outros empresários e mantenha-se sempre atualizado.

Por fim, é preciso ainda analisar as opções de empresas, a fim de escolher o parceiro ideal para abrir a sua própria central de rastreamento. A Getrak é a maior empresa do segmento e traz segurança para o seu negócio, oferecendo produtos e serviços para que a sua central tenha serviços diferenciados para oferecer ao mercado.

Se você sente que está pronto para avançar e começar a sua própria empresa, entre em contato conosco e saiba como montar uma central!