Warning: time() expects exactly 0 parameters, 1 given in /home/getrak/public_html/wp-content/plugins/rock-convert/inc/frontend/class-frontend.php on line 167

Tudo o que você precisa saber para abrir um negócio próprio

Ter uma ideia visionária, superar os desafios, fazer o que gosta e não precisar de ninguém dizendo o que ou quando fazer as atividades é um sonho em comum de muitas pessoas.

Esses objetivos motivam bastante gente a abrir um negócio, mas alcançar os resultados esperados e sobreviver ao mercado é um grande desafio de quem decide empreender.

Por isso, antes de tomar qualquer ação é importante tirar um tempo para verificar se você conhece tudo o que deve para ser bem-sucedido.

Para ajudá-lo nessa etapa, vamos mostrar o que você precisa saber para abrir um negócio. Continue a leitura deste post e fique por dentro do assunto!

Saiba como abrir um negócio

O primeiro passo para abrir um negócio e ser bem-sucedido no mercado é definir em que área você pretende atuar.

Para montar um empreendimento do zero e ser bem-sucedido, você precisa identificar uma tendência duradoura do mercado, e não algo que vai simplesmente desaparecer depois de alguns meses.

Junto a essa atitude vai ser preciso conciliar o que você tem de melhor com o que as pessoas precisam. Por isso, preste bastante atenção nos seguintes tópicos:

Suas habilidades

A melhor forma de começar a ganhar dinheiro empreendendo é investindo em algo que você já sabe como fazer. Isso também é muito importante para que você ganhe tempo e não precise ficar pesquisando cada uma das suas atividades.

Ao pensar nisso, talvez você chegue à conclusão de que o que você sabe fazer está muito ligado às atividades que você exerce hoje na empresa em que trabalha. Por isso, evite pensar que não é possível concorrer com o seu patrão.

Lembre-se que para começar a empreender, a maioria das pessoas pega ideias dos empregos anteriores. Se você é bom no que faz, procure uma forma de ganhar dinheiro com isso.

Seus talentos

Muitas pessoas confundem talento com habilidade. Essas duas características estão muito relacionadas, mas não significam a mesma coisa.

Como você já pôde ver, uma habilidade é algo que você sabe fazer, ou seja, que aprendeu de alguma forma — possivelmente em um emprego anterior. No entanto, o talento está relacionado a algo que você consegue fazer naturalmente.

Por isso, pare para pensar no que você faz melhor do que os outros de forma natural. É possível conciliar isso com as suas habilidades e montar uma empresa? Ao tomar consciência de tudo isso, as suas chances de ser bem-sucedido aumentam muito.

Aquilo que você deseja

Quer conhecer mais uma forma de aumentar as suas chances de começar a empreender e ter sucesso no mercado? Pense no que você deseja fazer e procure aplicar essa ideia no seu negócio.

É verdade que a maior parte do tempo você deve estar trabalhando, mas e no seu tempo livre? O que você faz? Encontrar um desejo seu e investir em algo relacionado a isso faz com que a sua satisfação no trabalho aumente.

Sendo assim, você passa a ter mais prazer em trabalhar, e consequentemente faz um trabalho de melhor qualidade e aumenta a probabilidade de agradar ao seu público-alvo.

As necessidades do público-alvo

Acima de todas as características que vimos sobre negócios bem-sucedidos vem a necessidade daqueles com quem você pretende negociar. É preciso encontrar um problema de um grupo razoável de pessoas e criar uma solução para ele.

Assim, as pessoas se sentirão atraídas pelo que você tem a oferecer e começarão a fazer propaganda gratuita das suas soluções — o famoso marketing boca a boca.

Lembre-se que a satisfação dos consumidores vai ser a sua prioridade. Por isso, deixá-los totalmente satisfeitos é importante para fidelizar os clientes e dar continuidade ao seu negócio, ou seja, torná-lo bem-sucedido por muito tempo.

Descubra se você tem o perfil de empreendedor

Antes de decidir abrir um negócio, é importante que você tire tempo para observar as suas características pessoais com o objetivo de descobrir se o seu perfil condiz com o que é exigido de um empreendedor de sucesso.

Vale a pena lembrar que ter todas as características de um empreendedor ideal talvez seja impossível, mas não é por isso que tudo está perdido. Afinal, você pode procurar meios de desenvolver aquilo que falta e aprimorar as qualidades que já possui.

No entanto, antes de abrir o seu negócio, faça uma autoanálise e seja honesto consigo para ver como você está e se consegue:

Tomar iniciativa e ter segurança

Você vai precisar tomar a liderança do seu negócio, pois os envolvidos nos processos e os funcionários estarão contando com isso. Caso a sua postura seja a de uma pessoa sem iniciativa, ficará difícil ter o respeito dos colaboradores e até mesmo dos clientes.

Junto à iniciativa vem a necessidade de ser seguro naquilo que faz e nas decisões tomadas. Mudar de ideia a todo momento também pode comprometer a credibilidade do seu negócio.

Ser firme sem deixar de ser flexível

Lembre-se que cabe a você estipular as regras do local de trabalho. Isso vai exigir que você desenvolva uma postura firme e mostre o que deve ou não ser feito. Nesses casos, não se esqueça de dar o exemplo, pois as pessoas estarão observando.

Ao mesmo tempo, você não pode ser duro demais com as pessoas e querer que elas ajam como robôs. Procure ser flexível sempre que possível e entenda o lado de colaboradores, clientes e fornecedores.

Ter visão do negócio e ser organizado

Ao abrir um negócio você precisa se projetar para o futuro. Ser realista significa estipular metas que ajudarão você a alcançar os seus objetivos e a manter o empreendimento ativo no mercado.

Para isso você vai precisar ser organizado, caso contrário, não vai conseguir controlar as suas finanças e nem mesmo saber o que deve ser feito no dia a dia da empresa, comprometendo os seus planos.

Demonstrar respeito para com os outros

Essa postura talvez seja a mais importante para o perfil de um empreendedor. Ser grosso com as pessoas, além de ser uma atitude desrespeitosa, vai ofuscar toda a beleza da sua empresa.

Os clientes precisam ser bem tratados e, mesmo que ele não tenha razão, você precisa ter respeito e ser educado. Também é preciso ter essa atitude quando for lidar com a sua equipe. Caso contrário, as pessoas ficarão desmotivadas em pouco tempo e não vão querer trabalhar com você.

Conheça os mercados em crescimento

Antes de abrir uma empresa você precisa ver qual é a tendência do mercado, o que está em crescimento e achar uma boa oportunidade de negócio.

Você pode fazer isso por meio de pesquisas que apontem com o que o consumidor está disposto a gastar dinheiro — esse seria um mercado em crescimento ideal para começar a empreender.

Depois disso, é necessário parar para pensar em alguns pontos muito importantes:

  • o capital necessário para abrir o negócio;

  • o potencial de crescimento no curto e no longo prazo;

  • qual será o seu lucro mensal;

  • o tempo que vai demorar para ver o retorno do seu investimento;

  • o capital de giro do seu empreendimento;

  • se o público-alvo é grande o suficiente para valer a pena investir.

Depois de considerar esses detalhes, você pode dizer que conhece o mercado em que pretende investir e terá mais condições de avaliar se o investimento realmente vale a pena.

Dentro das possibilidades pesquisadas, algumas pessoas têm percebido que abrir uma empresa de rastreamento veicular é um bom meio de alcançar os objetivos. Que tal considerar essa possibilidade?

Decida se vale mais a pena pedir um aumento ou começar a empreender

Para começar a empreender, uma pessoa geralmente leva em consideração pelo menos 5 vantagens que isso trará. Elas são:

  1. ganhar mais dinheiro;

  2. continuar crescendo profissionalmente;

  3. ter mais tempo para fazer o que gosta;

  4. melhorar a qualidade de vida;

  5. ter satisfação pessoal.

No entanto, todos esses benefícios podem ser perdidos se você não estiver pronto para assumir as responsabilidades de um empreendedor. Se esse for o caso, talvez seja melhor pedir um aumento e deixar para começar a empreender em outro momento.

Caso você esteja preparado, ainda deve considerar em quanto a sua renda pode aumentar e se o seu emprego atual não pode oferecer o conforto que você busca.

Por isso, antes de abrir um negócio, pense bastante em cada uma das possibilidades e opte pela melhor de acordo com o seu perfil.

Faça um plano de negócios

O plano de negócios é um documento que vai descrever quais são os seus objetivos e quais são as ações que devem ser tomadas para alcançá-los, com o intuito de diminuir os erros e as incertezas que um investimento tem.

Em outras palavras, um plano de negócios é como um mapa que vai mostrar todas as ações — até mesmo as atividades — que o empreendedor, ou seja, você, precisa tomar para que a empresa funcione plenamente.

Por meio dessa atitude será possível diminuir os erros cometidos nos processos da empresa, mas para ser bem-sucedido nessa ação é necessário tirar tempo para pensar em todas as áreas da sua empresa — desde a produção até a documentação.

Saiba quanto custa abrir uma empresa

Os gastos iniciais para abrir um negócio serão:

  • Documento de Arrecadação de Receitas Estaduais  (DARE);

  • Documento de Arrecadação de Receitas Federais  ( DARF);

  • junta comercial;

  • certificado digital;

  • consultoria — provavelmente de um contador;

  • Taxa de Fiscalização do Estabelecimento (TFE),  que será paga anualmente.

Os custos variam muito de acordo com o tipo de empresa que você pretende abrir e onde ela estará localizada. Por isso, sempre faça uma busca pelo valor na sua região. Atualmente, no Estado de São Paulo, esse valor pode ficar em torno de R$ 700.

Além desses gastos com a documentação da empresa, você precisa calcular o seu investimento inicial no negócio e ter um capital de giro suficiente para não passar sufoco. Também é importante lembrar que será necessário registrar a sua marca — e isso também é um gasto.

Conheça os documentos necessários para abrir uma empresa

Para abrir uma empresa você precisa apresentar alguns documentos pessoais. Eles são:

  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);

  • carteira de identidade  (Registro Geral, ou RG);

  • recibo de entrega do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF);

  • comprovante do seu endereço — contas como a de água, luz ou telefone em seu nome;

  • caso seja casado, certidão de casamento.

Se você optar por ter sócios ao iniciar o empreendimento, será necessário separar os documentos citados acima de todos eles.

Além desses, é preciso reunir alguns documentos da futura empresa, como o comprovante de endereço (ou contrato de aluguel) e o número do carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano ( IPTU).

Esses documentos serão usados pelo contador para a elaboração de contratos, requerimentos e protocolos na junta comercial, na Receita Federal e na prefeitura do seu município.

Consiga o investimento inicial para abrir uma empresa

Depois de conhecer todos passos de como abrir um negócio, chegou a hora de pensar em como você vai levantar o dinheiro que precisa para iniciar a sua nova atividade — lembre-se que antes disso é preciso que você já tenha feito uma pesquisa de mercado para saber qual é a melhor área para investir e tenha noção do quanto isso vai custar.

O mais adequado seria você ter esse recurso próprio, mas nem sempre isso é possível. Você pode procurar um sócio investidor ou, em último caso, pesquisar as opções de empréstimos que os bancos oferecem.

Ao optar por esse caminho, é necessário levar em conta que você terá que pagar uma conta mensalmente. Sendo assim, não se esqueça de colocar tudo na ponta do lápis e ver o que realmente compensa.

Guia completo: tudo o que você precisa saber sobre o mercado de monitoramento veicularPowered by Rock Convert

Conheça 8 erros comuns cometidos por empreendedores iniciantes

Como você já viu, abrir um negócio de sucesso é um desafio que vale a pena ser vencido.

Antes de tomar essa atitude, também é importante observar o que as outras pessoas têm feito de errado e como você pode evitar essas ações dentro do seu empreendimento — essa ação é um grande passo para aumentar as suas chances de ser bem-sucedido no mercado.

Para ajudá-lo nessa jornada, separamos 8 erros comuns cometidos por empresários iniciantes que, quando evitados, ajudarão você a se tornar um empreendedor de sucesso. Confira!

1. Desorganização financeira

Ao abrir um negócio, é importante organizar as finanças da empresa. Não fazer isso vai tornar o seu trabalho, que deveria ser prazeroso, em algo desgastante. Todo mês as suas contas estarão no vermelho.

A sua gestão financeira precisa ser prioridade. Deixar de anotar gastos pequenos ou mesmo ignorar a parte burocrática que envolve abrir um negócio vai comprometer a sua visualização dos gastos e rendimentos.

Por isso, desenvolva um método eficiente para fazer um bom controle do fluxo de caixa. Não deixe que nada passe despercebido e estabeleça prioridades. Assim, você saberá exatamente quando deve pagar cada conta e quando vai entrar o dinheiro que tornará essa ação possível.

2. Trabalho informal

Iniciar um negócio exige que você faça um investimento inicial e, com o tempo, recupere esse dinheiro e tenha lucratividade. No entanto, com o objetivo de reduzir os custos, alguns empreendedores iniciantes optam por trabalhar no informal, sem abrir um Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).

Essa ação é um erro muito sério. Sabe o motivo? Primeiramente, a sua atividade vai ser encarada por outras pessoas como algo improvisado e de pouco profissionalismo, o que resulta na perda de mercado.

Além disso, sua empresa não conseguirá emitir nota fiscal, ter máquinas de cartão de crédito, solicitar empréstimos ou mesmo abrir conta no banco para pessoa jurídica. Dessa forma, o seu negócio estará impedido de crescer, e no final, fugir dos impostos não vai valer a pena.

3. Falta de atenção ao capital inicial e ao fluxo de caixa

O fluxo de caixa é uma ferramenta que controla a movimentação financeira de uma empresa. Nele, são registradas todas as entradas e saídas de dinheiro, por menores que sejam. Por meio dessa ação, é possível controlar as finanças da empresa.

No entanto, ao abrir uma empresa, alguns empreendedores não dão muita atenção a essa ferramenta e acabam efetuando pagamentos em datas que não seriam as mais apropriadas — e podem ficar no vermelho.

O mesmo vale para o capital inicial da empresa. Investir dinheiro a esmo pode deixar você apertado mais para frente. Por isso, é importante calcular bem o que você vai comprar com o seu capital inicial.

4. Falta de negociação com os fornecedores

Talvez por ainda não ter muita experiência, um empreendedor iniciante pode se sentir embaraçado ao tentar negociar os preços com os fornecedores. Esse erro vai impedir que sua empresa economize e faça um melhor aproveitamento do dinheiro que entra.

Lembre-se que ninguém vai fazer um negócio para sair perdendo. Por isso, procure o equilíbrio para que você e o fornecedor ganhem.

Se o seu fluxo de caixa for bom, será possível fazer os pagamentos à vista, e isso pode significar menos gastos na hora de repor o estoque.

Ainda vale a pena lembrar que você pode procurar mais de um fornecedor. Essa é uma excelente forma de encontrar o produto que precisa no melhor preço possível.

5. Gerenciamento falho de estoque

Sempre que falamos em gerenciamento, estamos nos referindo ao planejamento e ao controle de alguma coisa — e é exatamente isso que deve ser feito com o seu estoque.

Você precisa saber quanto tem e quanto vai precisar de matéria-prima para manter o seu negócio funcionando. Planejar tudo isso com antecedência significa que você vai conseguir mais tempo para negociar os preços com os fornecedores.

Além disso, você não terá coisas demais no seu estoque, afinal, produtos parados representam um prejuízo para o seu empreendimento.

6. Negligência da área de marketing

Com o objetivo de não gastar muito, um pequeno empresário pode pensar em fazer o marketing boca a boca e deixar de divulgar a marca. No entanto, essa ação pode custar o desenvolvimento da sua empresa.

As pessoas precisam saber dos serviços que você oferece, ou seja, precisam começar a conhecer a sua marca. Apenas falar isso não vai ajudar você a alcançar grandes resultados.

Algumas ideias podem ser adotadas sem que gerem grandes custos para o seu negócio. É possível divulgar a sua marca nas redes sociais, por exemplo, e sempre que fizer um atendimento pedir para o consumidor avaliar a sua empresa.

7. Cálculos errados relacionados ao preço e ao lucro

Antes de definir o preço dos seus produtos e/ou serviços, você deve pensar bem e considerar todas as etapas do processo. Deixar de lado algum custo, mesmo que pequeno, vai impactar na lucratividade do seu negócio.

Esperar um lucro maior e não ver esse dinheiro entrar vai ser frustrante e pode custar a saúde financeira do empreendimento.

Por isso, na hora de abrir uma empresa, pense minuciosamente nos seus custos e estipule um preço justo, que gere lucratividade com as vendas.

Existem técnicas adequadas para tomar essa ação. Caso você tenha dúvidas, não hesite em procurar a ajuda de um especialista para fazer os cálculos adequados.

8. Confusão entre contas da empresa e contas pessoais

Esse último erro talvez seja o mais grave que um empreendedor iniciante pode cometer. A saúde financeira do negócio fica comprometida quando o empresário usa os recursos da empresa para pagar suas contas pessoais.

Para ter uma boa qualidade de vida e não comprometer as finanças do negócio, o empreendedor deve fixar um valor de retirada mensal da margem de lucro assim que abrir a empresa. Esse valor deve ser considerado como o salário do empreendedor (pró-labore). Assim, as contas pessoais serão pagas e não haverá a confusão patrimonial.

Superar os desafios para abrir um negócio próprio vale muito a pena. À medida que você coloca em prática as dicas que apresentamos neste post e toma as ações necessárias para evitar os erros de empreendedores iniciantes, as suas chances de ser um sucesso no mercado aumentam muito.

A recompensa de tudo isso? Realizar muitos dos seus desejos e ter uma empresa estruturada!

Gostou de saber tudo o que você precisa para abrir um negócio próprio? Quer continuar lendo posts de qualidade como este? Então descubra agora quanto custa abrir uma empresa!

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Navegação