Warning: time() expects exactly 0 parameters, 1 given in /home/getrak/public_html/wp-content/plugins/rock-convert/inc/frontend/class-frontend.php on line 167

Abrir um negócio ou estudar para concurso? Saiba o que avaliar

Em tempos de crise, aquela velha dúvida paira no ar sobre o que fazer da vida: abrir um negócio ou estudar para concurso? Afinal, quem nunca se pegou fazendo esse questionamento para si mesmo?

Como essa é uma dúvida recorrente em nossas cabeças, vamos avaliar as duas opções e entender quais são as vantagens e desvantagens de cada uma das possibilidades. Aqui estamos trabalhando diretamente com a relação entre correr mais ou menos riscos.

O que sabemos até então sobre esses dois caminhos é que eles são árduos e demandam que você abra mão de muitas coisas para atingir seu objetivo.

Empreender com um negócio próprio ou se tornar um funcionário público precisa de disciplina, esforço físico e mental, além de uma dose extra de estudo.

Como empregar esforços para alcançar seus objetivos?

Ao determinar quais são os objetivos que você pretende alcançar, é preciso também definir as metas que serão cumpridas para que se chegue ao sucesso desejado.

Para se tornar um funcionário público é preciso arriscar as horas de estudo e abrir mão do trabalho, vida social e do descanso. Existe um risco bastante eminente de não conseguir alcançar os seus objetivos se falhar nessa caminhada.

Aqui não se perderá volume de dinheiro, efetivamente. Mas, deixar de trabalhar para estudar, por exemplo, é abrir mão de uma renda que pode fazer falta.

Para montar um negócio próprio e empreender em uma área que agrada, é preciso estar disposto a pagar pelo sonho.

O investimento para abrir um negócio pode ser alto e o retorno poderá acontecer a longo prazo. É preciso estar disposto a abrir mão das reservas de dinheiro, de financiar a empresa e trabalhar muito para concretizar o objetivo.

Abrir um negócio ou estudar para concurso?

Ao tomar uma decisão é preciso estar ciente das vantagens e desvantagens de cada caminho que você poderá seguir.

As duas opções têm seus prós e contras bastante tentadores, por isso, vamos te mostrar o que empreender ou se tornar funcionário público pode gerar para você. Confira!

3 vantagens e desvantagens do empreendedorismo

1. Flexibilidade de horários

Não precisar bater ponto ou cumprir um horário previamente estabelecido é certamente uma vantagem. Ter algumas horas para descansar a qualquer dia da semana ou se permitir finalizar o expediente na hora que quiser é um benefício que muitos procuram em um emprego de carteira assinada.

Já, ao decidir por encurtar o expediente, o empreendedor precisará repor esse tempo de trabalho não realizado em outro dia.

Por isso, a jornada de trabalho pode ser ainda maior, uma vez que quem faz o seu próprio horário é o empreendedor.

Na questão da flexibilidade de horários é preciso que a pessoa gerencie seu tempo para não deixar de cumprir com as suas tarefas. É preciso criar uma rotina de equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal para evitar desgastes devido à flexibilidade.

2. Não ter chefe

Para um empreendedor, não é mais necessário justificar suas ações ou se submeter às ordens de superiores que nem sempre valorizam o seu trabalho.

Isso é uma vantagem, já que a pessoa é dona do próprio trabalho e sabe quais são seus objetivos e metas a serem alcançadas.

Entretanto, sem pressão, os resultados podem não acontecer. Um chefe, por melhor ou pior que seja, pressiona seus funcionários a obter resultados. Se você não for organizado e focado nos objetivos, nem sempre conseguirá atingir os objetivos esperados.

Por isso, é necessário ser seu próprio chefe e cobrar de forma exemplar que as metas estabelecidas sejam cumpridas.

Guia completo: tudo o que você precisa saber sobre o mercado de monitoramento veicularPowered by Rock Convert

3. Retorno do trabalho

Como dito anteriormente, o empreendedor se torna criador e dono do seu próprio negócio. Com uma dose de ousadia e trabalho, ele pode construir e colher os frutos do seu empreendedorismo e, com objetivos bem definidos, chegar ao sucesso.

Porém, você não trabalhar duro e gerar os frutos, poderá perder tudo e sair do negócio sem levar nada mais do que as dívidas pela tentativa.

Para ser um empreendedor de sucesso é preciso que seja cada dia melhor e mais produtivo. Assim, o resultado final será reconhecido e seu negócio terá dado certo.

Se você não se superar diariamente e deixar seus clientes satisfeitos, fechar as portas do seu negócio pode ser muito pior do que ser mandado embora de uma empresa, já que nesse caso você não terá direitos a receber.

3 vantagens e desvantagens do funcionalismo público

1. Estabilidade

Esse é ponto que mais interessa para aqueles que concorrem a uma vaga no funcionalismo público.

Trabalhar sem se preocupar com a economia e sem correr o risco de ser demitido. A estabilidade é uma vantagem incontestável desse tipo de emprego.

Entretanto, nem sempre o trabalho é na área correlata a sua expertise. A estabilidade só chega após três anos de trabalho, salvo diferenças que estão previstas em edital.

Sem contar que ela pode ser uma falsa sensação de felicidade, pois nem sempre o funcionário está exercendo a função que mais agrada.

2. Remuneração

Para funcionários públicos, a remuneração mensal é fixa, porém crescente ao longo do ano, já que sofre reajustes.

Isso é uma vantagem considerando que traz estabilidade financeira, pois a pessoa sabe o quanto vai ganhar e poderá ter um planejamento muito melhor de sua vida.

Porém, tirando aqueles benefícios que estão descritos no edital do concurso como auxílio-alimentação e transporte, mas que não são obrigatórios e variam de acordo com as regras da empresa, ele não ganhará nada mais no final do mês.

Como o salário do funcionário público não varia ele terá que sempre administrar seus gastos dentro do valor fixo.

3. Benefícios

Ter um plano de saúde, plano de aposentadoria, finais de semana, férias e feriados livres é um benefício que só quem tem carteira assinada pode se vangloriar. Eles geram uma qualidade de vida interessante, já que trazem conforto para o dia a dia do funcionário.

Porém, ao longo do período, trabalhamos muito para pagar os impostos que nos geram esses benefícios. Dessa forma, nem sempre tudo que pagamos efetivamente retorna no momento necessário.

A aposentadoria tem um teto salarial que pode não ser suficiente para cobrir as despesas, assim gerando a necessidade de fazer planos especiais particulares.

Ao cumprir os horários rigorosos diariamente, ganhamos esses benefícios como prêmio pelo bom comportamento. Na verdade, o funcionário público paga por tudo isso, e a conta não sai barata no final.

A partir dessas informações, as duas opções podem ser consideradas válidas e muito interessantes. Para alcançar o sucesso nas duas também é preciso ter a ciência de que isso demanda muito esforço, e o risco de não alcançar os objetivos também é grande.

Entretanto, é preciso saber e considerar o que se espera do futuro e o que mais lhe trará felicidade, profissional e pessoal.

Você curtiu este post sobre abrir um negócio ou estudar para concurso? Então que tal deixar um comentário por aqui? É sempre interessante compartilhar as informações para ajudar as pessoas que também estão com as mesmas dúvidas!

Powered by Rock Convert

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"

Navegação